_______________________________________E se esvai no momento seguinte...

segunda-feira, 3 de dezembro de 2007

Mais!!!



















Mais um dia de capoeira!

Onde está [Wally?] a Aline?

***Simplesmente demais!***


[Dica fofuxa do dia: Clique em cima da foto e ela aparecerá grande para você!]]

=**

terça-feira, 30 de outubro de 2007

Batizado!


Extra! Extra! Extra!

Neste domingo ocorreu um evento da Kauande Capoeira, com batizado, troca de cordas e várias apresentações.

Evento onde eu fui batizada pelo Soneca (na foto ao lado).

Muitas emoções!^^

Até por que... Capoeira pra mim é a descoberta de um mundo mais belo e feliz, com amigos totalmente ótimos e pessoas boníssimas na minha vida.

A saída de uma "Aline solitária" para uma "Aline, pipoca [doce!] feliz e com amigos"

Tudo o que sempre sonhei para mim, e que por algum motivo não tinha experimentado na minha vida.

Quero deixar meus sinceros agradecimentos:
1 - Ao Willian, que me levou na marra para fazer uma aula de capoeira.
1 - À capoeira.
2 - Aos amigos, que em pouco tempo já estão no meu coração, minha família^^.
3 - Ao Barril, instrutor mais legal do mundo =D
4 - Ao Soneca, que me batizou.
5 - [E não menos especial] Ao meu padrinho Charles.

Ah!
E agora é cinzaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa!

=**

terça-feira, 23 de outubro de 2007

Engasgado

Segurei tanto pra falar...

Aquelas coisas guardadas à sete chaves...
Coisas que só eu sei...
Coisas que escrevi nas entrelinhas...
Coisas que guardo na memória...
E principalmente o que guardo no meu coração...

Já foi, eu sei...
Não entendo porque, isto ainda mora em mim.
É quase como um doença, que me faz mal, me desanima, e faz questão de sempre me lembrar, todas aquelas coisas que fiz, todos os erros, todos os desesperos, tudo o que ainda sinto.
Que poderia muito bem ficar guardado e ninguém mexer, ficar hibernando, e um dia sumir, com o tempo...
Mas eu tenho duas sombras, uma da Aline de agora, feliz, com amigos, e outra da Aline do passado, triste, perdida, e "meio emo".

Como se fossem duas pessoas, dois mundos em uma só pessoa, polaridades inversas e opostas, como se eu mesma me anulasse. Como se tivesse um parasita dentro de mim...
Sugando minha força e fazendo me desconcentrar dos meus objetivos..

Isso tem nome... Não vou te dizer, vc já sabe, é instintivo!
[Quem não souber pergunta que eu respondo]

Como se eu tivesse apenas tido um sonho, e ao acordar, eu ainda era eu, mas eu queria (e não sei se quero) viver tudo isso novamente, com a mesma pessoa...
Como se fosse um vício, que me suga a atenção, me entristece, e me deixa assim, parada no tempo, como se isso fosse adiantar alguma coisa...

Sim eu sei, muitos já me disseram: "Deixa disso, vai passar! Quando vc ver vai tar em outra!"

Já passou tempo q eu julgo suficiente pra estar em outra, e eu, de novo, recaindo no mesmo vício, na mesma história.
Como se tivesse um elo que me ligasse fortemente, quase tão forte que eu não consiga rompê-lo, mas eu sei que vai chegar uma hora, depois de algum tempo, tempo suficiente para enfraquecer o bastante, que ele simplesmente vai se quebrar.

Como um anel, como um vidro, como um ovo! [Tou com fome!]
E assim, a vida volta ao mais normal possível.
Praticamente um aborto, quase que espontâneo.
Se a gente pudesse dar um reset na vida, e dar um save ela em alguns momentos,
podendo assim, loadar em algum momento.
Mas não é assim, a gente escreve a vida num imenso livro, e à caneta.
Borrou... Borrou...
E se tentar apagar com borracha molhada com um pouco de cuspe..
Vai ficar pior ainda, e arrisca causar um buraco, daqueles q nem Durex resolve.

Ah! Breves "filosofias" vãs, breves pensamentos abstratos!
Xô!
Sai de mim, você não me pertence mais...
Apenas faz parte dos meus resíduos..
Malditas emoções residuais!!!!
Tem algum exercício de limpeza de emoções?
Quem souber... AVISA!

Eu vou me livrar delas, você vai ver!^^
[Pegar elas, tirar de mim, guardar numa carta, chacoalhar, dar 3 voltas em torno de si mesmo, rezar 3 Pai-Nossos, 2 Ave-Marias, 1 oração do santo anjo (Sabe qual né?), passar 3 galhos de arruda colhidos na primeira lua nova do mês, e jogar no mar de preferência (no rio polui demais! e nem pense em jogar na privada, tem q ser no mar =P)]
Será que funciona?

Vou tentar =D
=**

sexta-feira, 12 de outubro de 2007

Capoeira


"Capoeira é vida
Capoeira é amizade
Capoeira alegre,
É capoeira de verdade!"
[Aline - Pipoca (doce!)]


[Berimbau - Vinícius de Moraes]
"[...]Capoeira que é bom
Não cai
Mas se um dia ele cai
Cai bem.

Capoeira me mandou
Dizer que já chegou
Chegou para lutar[...]"

quinta-feira, 27 de setembro de 2007

31!

Postagem de número 31... Tá bom.. Na real não é.. Algumas postagens eu exclui...

Mas com cabeça de 31 (postagens)...

Depois de alguns milhos, uma sobremesa de pudim de bolacha...

Acho que a vida fica mais bela se eu dizer: "Foda-se, eu não estudei mesmo!"

E o que isto tem relacionado ao post? Sai dessa vida...

Nhahhh... Então, estou na seca para jogar algum jogo online no maior estilo RPG com alguma outra raça [de preferência élfica], onde eu tenha que matar muitooooos³³ bichos esquisitos, como o clichê de aranhas gigantes, ou sapos em tamanho extra-grande, no maior estilo:
"Mamãe, você também comeu Pó Royal?"

Bom... Se meu Lineage 2 - C4 - Server Dune, não tivesse dado merda, e eu tivesse não excluído aquela pasta, linda, que usei para instalá-lo, eu não teria que esperar no mínimo 20 mil anos para aquela coisa baixar de novo... Afinal, não vou deixar 3 dias ligado direto!
E o Emule ainda serve para alguma coisa, não é?


Se desse para deixar essa MULA de castigo =/

Mas eu supero!

O The Sims 2 também poderia ajudar.. Mas andei baixando uns MESHES e uns recolours que só bugaram o jogo... Mas os CDs do The Sims 2 eu tenho! Só reinstalar...
Pequena grande empreitada...

Estou indo... [Pra onde? Nem sei!]
=**

See you in the next post... [Quem vê pensa que eu sei inglês! Há!]

quinta-feira, 13 de setembro de 2007

Bolhas Assassinas!

Extra! Extra! Extra!

Bolhas Assassinas atacam novamente!
Bolhas Assassinas atacam novamente!

Comprei o jornal do garoto e li o artigo onde dizia:
"Após outra aula muito divertida de capoeira, as bolhas pioram de situação e causaram dores mais agudas em um par de pés cansados, morrendo de vontade de andar de chinelo, e que ainda resistiam pois tinham aula no laboratório de Química... Isso que faltava o jaleco =S

Então, começou a jornada atrás do jaleco emprestado, e anda pra lá, e corre pra cá, e as bolhas doendo cada vez mais devido ao aumento de temperatura no tênis. Até que o jaleco emprestado chegou =D.

E assim, as bolhas puderam ir pra aula teórica antes da aula prática, chegando com 30 minutos de atraso. Mas elas ficaram felizes e contentes ao chegar na sala de aula, pois puderam curtir um tempo fora do tênis!

Ah! Essas bolhas!"


Lindo não?
Tá! Eu gostei! ¬¬"

=***

quarta-feira, 12 de setembro de 2007

Coisas

Sim, as coisas surgem, as coisas vão.

Que filosófico! Que patético!

Ah! Nada do que foi será, de novo do jeito que já foi um dia... Tudo passa, tudo sempre passará!

Sábias palavras!!!

Gostaria que fosse assim...
Eu realmente não entendo algumas coisas...
Queria que elas mudassem, queria entender...

Mas.. Não é assim... Então tá!
Cada um pro seu caminho!

E que Deus te proteja!
Amém!

=**

quinta-feira, 30 de agosto de 2007

Ilusão

Tudo é ilusão.

O Universo que te envolve e te acolhe, é ilusão.

A casa que constroes, que protege com devoção, é ilusão.

O que sentes por ti mesmo, é ilusão.

O que buscas pra tua vida, é ilusão.

O que você acha que é, é ilusão.

Por que? Simples! Isso tudo é uma ilusão, é a Matrix do seu Ego que te ilude, e você é responsável pelo seu Ego ainda existir.

Simples!

=**

terça-feira, 28 de agosto de 2007

Sonhos

Tive dois sonhos parecidos [de conteúdo final] na mesma semana...

E ambos me impressionaram por causa daquele tom de realidade...

Ambos queriam me convencer sobre uma coisa que eu há muito tempo estou protelando em desistir... Convencer para desistir...

Realmente, não tem porque lutar... Não tem volta... Não tem remédio...

Esperança no peito... Sonhos que dizem que não... E uma Aline que simplesmente cansou desse assunto, e agora quer coisas novas...

Não que o antigo não importe, bom, quase sempre eu dou importância demais no que já passou, gasto energia com isso, me preocupo, fico ansiosa... Tudo porque eu não largo de vez.. =/

Enfim, chegou a hora de desistir, e eu tou resistindo a desistir... Maldita insistência.. Teimosia...

Vou largar tudo isso e vou partir, em direção a luz dentro de mim^^
Igual à uma frase que vi em um desses interativos de tarô e essas coisas:

"A lâmpada está sempre acesa, portanto é preciso ver a luz. E se pudermos ver a nossa luz interior, saberemos qual é o proprósito de vida."

Rumo à tranquilidade!

É isso ^^

=**

quinta-feira, 23 de agosto de 2007

Mudando a vibração

Sim, muitos problemas, poucas soluções...

Muitos pensamentos em torno dessas questões...
Pensamentos em maioria negativos.

Mudando de vibração.
Alcançando níveis cada vez maiores.
Experimentar energia direto da fonte.
Evolução.

Evolução.


Quero evoluir, cada dia, cada momento, cada experiência.
Cada vez mais em níveis mais altos.

Simples!^^

=***

terça-feira, 7 de agosto de 2007

10 dicas para ser gentil na convivência

1. Tente se colocar no lugar do outro. Tente de verdade, com todo o seu ser. É eficiente demais esse exercício!

2. Aprenda a escutar. Esvazie seus ouvidos para absorver o que o outro está dizendo. Aí pode estar a solução que nem ele ainda foi capaz de enxergar.

3. Pratique a arte da paciência. Julgamentos e ações precipitadas tendem a causar desastres horrorosos.

4. Peça desculpas, especialmente se esta opção lhe parecer difícil demais. Isso pode definitivamente mudar a sua vida!

5. Procure ao menos três qualidades no outro e perceba que esse hábito pode promover verdadeiros milagres.

6. Respeite as pessoas quando elas pensarem e agirem de modo diferente de você. As diferenças são verdadeiras preciosidades para todos.

7. Demonstre interesse pelo outro, por seus sentimentos e por sua realidade de vida.

8. Analise a situação. Deixe a decisão para o dia seguinte, se estiver de cabeça quente. Alcançar soluções pacíficas depende também do seu equilíbrio interno.

9. Faça justiça. Esforce-se não para ganhar, como se as eventuais desavenças fossem jogos ou guerras, mas para que você e as pessoas ao seu redor fiquem bem!

10. Seja gentil. A gentileza nos leva a resultados criativos e produtivos e ainda desvenda a charada da convivência: único meio de nos sentirmos verdadeiramente realizados!

Extraído de: Convivência - a arte da felicidade ou da guerra?!?

Espero que este pequeno trecho sirva de caminho para todas as relações.

=**

terça-feira, 31 de julho de 2007

Meditar...

Se você quer aprender a meditar veja este vídeo:

Meditação e Projeção Astral

Bom, eu tentei...
Mas ando muito agitada para conseguir me concentrar..

Mas.. Um dia eu consigo!

=**

domingo, 29 de julho de 2007

Segunda Chance

"Todos merecem uma segunda chance"

Será mesmo??
Será que todos merecem uma segunda chance???

Segunda chance de que tipo?
Hum...

Bem, é difícil dar uma segunda chance à quem te feriu, te magoou.
Pois é difícil perdoar. E mais difícil ainda esquecer.
Não se cura um coração ferido... Só se remenda.

É difícil, é tenso, é muito irracional para todo mundo aceitar dar ao outro uma segunda chance.
Mas quando é com a gente, aí sim é diferente!
Pois você não pode dar um segunda chance ao outro.
Mas ele TEM que dar uma chance nova para você?

Eu digo que sim e não.
A escolha é dele, e, em certo ponto, sua.
Sua? Por que?
Pois suas ações vão determinar as reações.
Se você for lá implorar, pode ser que a pessoa aceite, ou não.
Se você for lá e colocar a questão, deixando-a pairando no ar, pode ser consiga, ou não.
Se você brigar e chantagear, pode ser que você realmente consiga, ou não.
Mas uma coisa eu posso te dizer:
Se você não tentar, não tem como conseguir.

E se você acha que merece, vá à luta!
Só você pode fazer isso!

E se alguém um dia lhe pedir uma segunda chance..
Pense seriamente na questão..
Pois a gente que faz as coisas darem certo, e uma chance de recomeço, pode ser a chance de ir para o paraíso!

=**

sexta-feira, 27 de julho de 2007

E o choro veio...

Não que eu estivesse esperando ele chegar..
Mas ele simplesmente veio..
Eu não até agora muito bem porque eu estou chorando..

Mas sinto aquele amargo no peito e aquela dor aguda..
Como se eu tivesse algo guardado que eu tivesse que falar..
Bem na verdade eu tenho que falar..
Eu preciso falar..
E é muito importante para mim..
Mas eu tenho medo..
E também.. Agora.. Estou sem oportunidade...
Eu queria poder me desvenciliar das amarras que eu própria criei..
Sim.. Eu preciso de ajuda..

Dói muito, demais, eu não posso continuar assim...
Isso só faz mal para mim..

Eu só quero uma chance..
Só preciso de uma chance.
Então tudo será diferente!

=**

segunda-feira, 23 de julho de 2007

Auto-avaliação [ajudada por um teste]

É esse vazio aqui dentro que me incomoda.
Essa sensação de estar sem direção, totalmente perdida.
Mas desta vez é diferente, não sei porque...

Estaria eu despertando do meu sono mais profundo do meu mais escondido eu?
Não sei.. Não sei se quero saber também..

Não.. Não é fome, no sentido literal não.
É uma fome de algo ou alguém eu não sei dizer.
Acho que é uma fome de mim mesmo.
A falta que eu mesma faço.

Bom, não sei como reverter, não sei como mudar.
Não sei porque tanto medo em mim.
Não sei porque eu criei tantas barreiras.
Tenho medo de quebrá-las.

Por que eu estou me sentindo revoltada?
E com essa dor aguda no peito?
Por que eu simplesmente não consigo relaxar?
Será mais uma crise de muitas?
Ou a última de todas?

Parece que as palavras nunca vão sair.
Por que dói tanto?
Por que eu não consigo respirar direito?
Algo me engasga... Talvez seja eu mesma...
Eu mesma? É! O lado mais estranho que eu descobri que tenho..
Assim como todos tem..
O Ego...
Palavra estranha.. E até um tempo atrás meio sem significado para mim...

Até algum teste desses muitos da internet me disse:
Egocêntrico.. Eu egocêntrica?
Como assim? Que que eu fiz?
Sim! Você egocêntrica! Você cria o seu mundo quando se isola..
E seu mundo gira em torno de você...

Estranho.. Numa pancada só descubro que tenho ego, e que sou egocêntrica..
Onde eu estava então esse tempo todo?
Peraí.. Quem sou eu???????? Ahhhhhhhhhhhhhhhh!!!!!

Isso está me deixando horrivelmente estranha..
Estou sem chão...
E pior.. eu sou auto-destrutiva e auto-punitiva.. Ou seja, eu não preciso que você me destrua numa crítica... Mesmo com um elogio, eu me auto-destruo...
Eu me auto-puno quando acho que preciso... E ainda, eu me auto-saboto...

Nossa! Como que eu vou mudar isso?!

Também.. Eu sempre espero aquele feeling das pessoas, o reconhecimento pelo meu esforço.
Quando eu não obtenho e julgo ter me esforçado. Eu simplesmente páro de me esforçar.

Eu fujo das brigas e discussões, mas aprendi com isso, que às vezes é melhor brigar.
Eu tenho dificuldade para falar tudo o que sinto verbalmente.
Bem... Ninguém me entenderia mesmo...
Afinal.. Eu vivo num mundo de sentimentos...
Tudo é muito sentido... Muito remoído...
Assim eu acumulo raiva, acumulo choro, acumulo até riso.
Não que eu não seja expontânea...
Só que às vezes demora... Demais..

No teste disse:
"Sua própria necessidade de aprovação torna-o disposto a ajudar aos outros e, em troca, quer calor humano e compreensão."

Ou seja, carente, e ansiosa por reconhecimento da minha disposição...
Oh! Ou seja, eu espero que façam por mim o que eu faço por quem gosto.

Eu sempre retaí meus sentimentos.. Por julgar eles "fracos" demais..
Pois quem chora é fraco.. Quem sofre é fraco...

Então para quê eu ia mostrar a minha fraqueza? Para quê eu ia demonstrar meus sentimentos?

Ainda no teste:
"Fica angustiado quando suas necessidades ou desejos são incompreendidos, e sente que não tem a quem recorrer, ou em quem confiar. É egocêntrico; portanto, ofende-se com facilidade."

De tanto eu me achar incompreendida, eu simplesmente às vezes deixo os sentimentos ali...

Eu sou a criadora de bolas de neve de emoções..
Daquelas que quando cresce demais... Explode!
Nem queira estar por perto para ver..

Continuando no teste:
"O que você quer evitar:
*** A capacidade de suportar pressão tem sido sobrecarregada, levando a tensão e frustração, impaciência e irascibilidade.
*** Perdeu a elasticidade e a força de vontade necessárias para enfrentar as dificuldades atuais. Sente-se sobrecarregado e nada conseguindo, mas continua a manter sua posição e ainda busca seus objetivos com tenacidade ardente. Isto o sujeita a uma pressão intolerável, da qual deseja escapar, mas não consegue tomar a decisão necessária. Como resultado, permanece firmemente envolvido no problema e não pode vê-lo objetivamente, nem livrar-se dele - não pode deixá-lo de lado e sente que só terá calma quando tiver alcançado seu objetivo.

Nem vou dizer porque disso... Minha faculdade simplesmente me deixa em posição de estresse diário e mortal para meu bom-humor.

Se eu fosse escrever uma função que fege minha vida seria. [Já derivada]

V(t) = 24horas - N.t - f.t - r = 0

onde:
V = vida
f = variável faculdade, incluindo tempo de deslocamento, estudo e tempo que fico lá
N = necessidades básicas diárias
r = tempo restante [tendendo à zero]
t = tempo gasto

Concluindo: Minha faculdade é em função da vid.. digo.. Minha vida é em função da faculdade e o tempo livre [r] sempre estará tendendo à zero. Ou seja, EU NÃO VIVO caramba!

Como diria a Priscila:
"Solteirice não é mais opção, é necessidade imposta pela faculdade!" [Se você quiser concluir o curso]

Bom.. Me sinto perdida.. Porque não tenho certeza que o que estou fazendo, vai me levar até onde quero chegar.. E onde quero chegar?
Calma.. Antes, algo que quero evitar também é:

*** Incerteza e preocupação de perder oportunidades têm levado a um limite de tensão angustiante.
*** Acha que a vida deve dar mais do que está dando e que suas esperanças e desejos devem, de algum modo, realizar-se, que eles lhe devem ser inteiramente concedidos. A incerteza atual é causa de preocupação considerável, e está tenso e alerta para não perder qualquer oportunidade que aparecer. Está ansioso para evitar outros reveses e qualquer perda de posição ou prestígio. Tenta assegurar-se de que não será ignorado e tem grande necessidade de estabilidade emocional.

Ahh.. Agora entendi porque estou assim.. Eu espero tanto conseguir as coisas principalmente aquelas que perco por causa do meu ego.. Que estou nessa situação calamitosa...

Agora sim eu enchergo a luz =D

Primeiro passo => descobrir qual são os medos que estão me impedindo de chegar aonde eu quero:

Medo 1 : O medo que me impeçam de alcançar o que deseja me leva a desempenhar seu papel com intensidade urgente e febril.

Medo 2: O medo de que me impeçam de obter as coisas que deseja, me leva à procura intensa de satisfação, se ocupando de atividades ilusórias ou fúteis. [Explicado as horas no msn..]

Medo 3: Sente-se inibido e incapaz de progredir; procura uma solução que elimine essas limitações.

O que eu realmente quero?
Reconhecimento, carinho, atenção, prosperidade, alegria, paz, amor.

Como eu pretendo realizar isso?
Para reconhecimento => boas ações, para carinho => carinho, para atenção => atenção, para prosperidade => luta, para alegria => realizações, para paz => estar bem consigo mesma, para amor => amor.

O que falta para conseguir?
Estabilidade emocional, "sair da toca" ou quebrar o egocentrismo, se permitir arriscar a se lançar na vida sem contabilizar as possibilidades de fracasso, ou mesmo não prestar tanta atenção na possibilidade de fracasso, pensamento positivo.
Palavras chaves: Equilíbrio, ousadia, movimento.
Exercício recomendado: Meditação.

Bom.. Acho que me auto-diagnostiquei...
Mãos às obras!
=**

domingo, 22 de julho de 2007

Coragem

"A semente não pode saber o que lhe vai acontecer, a semente jamais conheceu a flor. E a semente não pode nem mesmo acreditar que traga em si a potencialidade para transformar-se em uma bela flor. Longa é a jornada. E sempre será mais seguro não entrar nela, porque o percurso é desconhecido, e nada é garantido... mil e uma são as incertezas da jornada, muitos são os imprevistos - e a semente sente-se em segurança, escondida no interior de um caroço resistente. Ainda assim ela arrisca, esforça-se; desfaz-se da carapaça dura que é a sua segurança, e começa a mover-se. A luta começa no mesmo momento: a batalha com o solo, com as pedras, com a rocha. A semente era muito resistente, mas a plantinha será muito, muito delicada, e os perigos serão muitos.

Não havia perigo para a semente, a semente poderia ter sobrevivido por milênios, mas para a plantinha os perigos são muitos. O brotinho lança-se, porém, ao desconhecido, em direção ao sol, em direção à fonte de luz, sem saber para onde, sem saber por quê. Enorme é a cruz a ser carregada, mas a semente está tomada por um sonho e segue em frente.

Semelhante é o camino para o homem. É árduo. Muita coragem será necessária".
[Osho]

Assim que eu me sinto, uma semente envolta numa casca dura, e a maior parte dessa casca fui eu mesma que criei para me proteger, afinal, ficar ali, parado dentro da fortaleza é simples e aparentemente indolor.

Mas na verdade dói sim, talvez até mais. As piores limitações são aquelas que você mesmo impõe para si, para ser aceito pelos outros. E acaba sendo mais difícil quebrá-las porque você se auto-pune e acaba voltando ao ponto inicial.

Então, eu quero quebrar as correntes das minhas barreiras impostas por mim e para mim. Só não sei direito como agir. Eu sei que tenho que me expor mais a acontecimentos julgados por mim como "perigosos", mas aí instaura-se um conflito interno. E muitas e muitas vezes, eu recuo com medo e assustada.

É muito cômodo ficar alternando em situações conhecidas e que você pode controlar. Mas é muito mais interessante e excitante se lançar ao mundo de braços abertos.
Eu tenho medo de me machucar, penso que dificilmente as pessoas vão compreender o mundo de sentimentos que vivo. Pois é um mundo totalmente sentido somente por mim.

Às vezes eu fico triste e decepcionada, pois meus padrões para mim mesmo são muito altos e frequentemente eu não consigo alcançá-los.
Eu gostaria de ter um amor que me complete, que me faça sentir plena e satisfeita. Em paz comigo mesmo e com o mundo. Enquanto ele não chega, eu fico me sentindo perdida.

Eu sei que eu me isolo no meu mundo. Mas eu não acredito que alguém algum dia irá conseguir entender ele. Bom, nem eu consigo.

Quem quiser.. Tente^^

Até! =**

sexta-feira, 13 de julho de 2007

Distante

Sei que tenho andado meio distante ultimamente.
Sei que tenho me isolado.
Em partes, à decepções, noutras, à mudanças.

Vi que o que estava fazendo não era eu.
Era uma fuga.
Então parei para pensar e me reinventar...
Digamos assim.
Se funcionou?
Acho que sim =P

Bem, eu me sinto muito melhor comigo mesmo.
Embora ache que eu ainda precise mudar algumas coisas em mim.
Normal.

Andei escrevendo bastante.
A maioria é música, e, que muitas vezes, já veio com a melodia pronta.
Gravei algumas delas.

Bem... Pelo menos estou produzindo...
O ócio criativo, realmente é ótimo para criar.

Então... Ah! Já falei da net discada... Ah!
Mas em breve voltarei a ter ADSL.
Será que meu isolamento será quebrado?
Não sei!

.. Boa noite.. Ou deveria dizer bom dia?
Ah! Sei lá!
Eu vou dormir, então boa noite para quem fica.
E bom dia para quem estiver lendo [?]

=*

domingo, 1 de julho de 2007

Eu quero banda larga de voltaaaaaaaaaaa!!!!

Olá!
Eu quero minha banda larga de voltaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa!!!
Nada contra a internet discada..
Mas é realmente deprimente conhecer a luz e ter que viver nas trevas do mundo sem internet!
Cara! Tenso!


É triste só poder entrar nos períodos sabáticos onde os pulsos são mais baratos!
Tudo bem.. É melhor que nada..
Mas é pior que todo o resto!
Eu quero minha banda larga de volta!
Poxa.. Eu estava tão acostumada!
A entrar no orkut 300 mil vezes por dia..
Escrever no blog...
Falar com os amigos de internet!
Aiai.. triste mundo sem a conexão com o mundo..
Por que TV não conta!


Se bem que eu ando assistindo muita TV neste período sem net alguma..
Numa tentativa de tentar suprir essa carência gerada pela abstinência de net!
Aiai!!!

É isso!!!
Agora é estudar, estudar e estudar!
Torcer para mais nada dar errado!
^^
Só mais 4 provas!

E viva meu aniversário no sábado =D

BjuS a todos!

segunda-feira, 28 de maio de 2007

Saudade

Entre algumas idas e vindas.. Pensamentos, ações e coisas cotidianas.

Eis que lá no seu âmago surge: A Saudade.

Você talvez não esperava por isso, ou talvez até esperasse.

A saudade!!! Afinal, você se viu tentando reviver os momentos passados.

Simples assim: Algo [ou alguém] deixa saudade pois foi um momento [ou uma pessoa] especial e eu diria mais.. Único.

Mas a saudade de outras pessoas, é a mais difícil de se contornar.
Principalmente, quando você vê essa pessoa todos os dias. Dae pensa, "Malditos caminhos que fizeram nos separar, tudo bem, eu errei, eu devia ter feito diferente.. Mas passou".

Bem, a gente é presunçoso demais ao achar que tudo é eterno [a alma é uma excessão].
Mas se esquecemos que por mais que a gente acredite nisso, algo é fato e imutável: nós somos mutantes. Siiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiim, ou você acha que não?!

Podemos mudar a qualquer hora e escolher caminhos altamente diferentes e contraditórios.

A escolha é sua, minha, de cada um de nós em comunhão com si mesmo.

Li este artigo essencial para o entendimento desse post:

Quando você muda a relação muda

E quando você muda? Constantemente.

É praticamente impossível não mudar, até por que o mundo muda também. Está neste ciclo tempestuoso de mutações, e abundante delas.

Equilibre-se e peça o que quiser. Acredite em mim, o Universo irá ouví-lo(a). Mas sempre, não se esqueça, antes de tudo, de acreditar em si mesmo(a).

Tenho dito!

Até mais =**

Aprendizado

É impressionante o que se pode aprender em simples meses. Quando você leva uma invertida e seu mundo desmorona.

O que era considerado certo, sólido, totalmente inquebrável. Quebra, desmorona, vira uma incógnita. E você se vê perdido, sozinho, abalado. Sem saber para onde ir. A quem recorrer.

Aí que entra um importante estágio depois de você secar de tantas lágrimas, devorar 500 chocolates, xingar tudo o que te fez sofrer. Você pára e pensa: "Pra onde vou agora? O que que eu faço?!"

Aí meu amigo, existem duas opções [ou vai ou racha?], hum! Quase isso.. Seriam as seguintes, ou você esquece e retoma os mesmos erros e dores de antigamente. Ou você vai pelo outro caminho.

Sinceramente, eu desejo a você que lhe tenha ao menos ocorrido a segunda opção. Pois ela te libertará. Você entrará no estágio mais complexo da evolução.
Não.. Não precisa ter medo. Sempre haverá pessoas materiais e "amateriais" para te ajudar.

O propósito da vida é evolução.

Por isso eu acredito em múltiplas vidas, um ciclo tão alto não poderia ser atingido numa só vida. Os defeitos humanos são muito grandes para serem superados em uma só vida. E também para serem perdoados em uma só vida.

Pense nisso^^

Até mais =**

segunda-feira, 7 de maio de 2007

Espiritualidade

Sua vida é espiritual?

Você tem uma religião?

Você pratica sua religião?

Pois é..
Quando os caçadores de respostas [entenda por cientistas] saíram para achar as bases para todos os fenômenos. O resto do pessoal procurou se instalar melhor neste planeta.

Hoje, quando a tecnologia está bem mais avançada que naquela época vemos uma epidemia de descrença, pessoas sem religião, religiões novas e o caral** a 4.

Necessitamos urgentemente de espiritualização. Só assim o mundo vai poder ingressar na próxima parte da evolução.

Eu mesma, me considero sem religião. Eu pesquiso aquelas que mais me atraem e vou atrás do que eu acho interessante e tenho englobar em mim.

Criei em mim uma crença meio própria e envolvendo várias vertentes religiosas, as principais são católica [fui criada nela] e espírita.

E acredito em uma religião mais individual, afinal. Somos feitos da mesma energia.
Um átomo é constituído basicamente de uma força que liga o núcleo e os elétrons, mais tarde descobriu-se que é uma energia.

Energia não se cria, não se perde.
Estamos todos ligados na mesma energia básica.
Ou seja. sua energia move o mundo.

Você atrai pra você aquilo que você quer.

É isso.. =**

quarta-feira, 25 de abril de 2007

10 atitudes e escolhas que todo mundo pode fazer na vida

1. Permitir-se ser homem ou mulher, com direito a tudo que seu sexo lhe garante: demonstrar suas fragilidades, expor seus sentimentos, cuidar de quem ama e permitir ser cuidado(a).

2. Olhar para si mesmo, diante do espelho, cuidadosamente, até descobrir o que tem de mais interessante em seu corpo. Ex.: boca, sorriso, olhar, coxas, mãos, jeito de falar, etc. A partir de então, aprender a usar isso a seu favor, sempre de modo construtivo e criativo.

3. De vez em quando, transformar um dia sacal num dia especial, fazendo algo de que gosta muito sem pensar demais no tempo ou no custo, ainda que seja importante não ultrapassar demais os limites impostos por sua realidade. Enfim, é o seu dia, simplesmente porque você merece!

4. Acreditar num grande amor e, por conseguinte, disponibilizar-se inteiramente para vivê-lo, sem tantas ressalvas, sem tantos medos. E, de preferência, entender que é bem melhor e mais prazeroso viver isso com alguém que também esteja disponível.

5. Acariciar-se – literalmente – por inteiro, com um creme de sua preferência. Tocar cada parte de seu corpo, inclusive o rosto e os pés, como se estivesse acolhendo toda a sua alma. E, ao terminar, olhar-se no espelho. Seu brilho estará renovado!

6. Alimentar suas fantasias sexuais sem culpa. Claro que não é preciso realizar todas, mas o simples fato de se autorizar a fantasiar já é o suficiente para descobrir sua sensualidade e vivê-la mais plenamente.

7. Ser pai ou mãe, mesmo que não seja de um filho seu. Talvez, nem seja preciso ter uma criança em casa. Basta exercer seu instinto paterno ou materno com sobrinhos, crianças carentes ou algum pequenino por quem seu coração tenha maior afeição. Ou seja, cuidar de alguém que precise de você, com dedicação especial.

8. Tomar atitudes produtivas para modificar aquilo que desejar. Seja perder peso, conseguir uma promoção, mudar de área profissional, reconquistar um amor ou recomeçar o casamento. Enfim, arriscar em nome de seu próprio coração.

9. Fazer terapia ou qualquer trabalho de autoconhecimento. Refletir sobre si mesmo para conseguir redimensionar seus sentimentos e se aproximar mais de sua realidade pessoal. Sentir-se em franco processo de autodescoberta porque esta é uma oportunidade incrível de reconhecer seu potencial e viabilizar seus planos.

10. Tentar, sempre! Quantas vezes forem necessárias; e não desistir até que se sinta feliz com a vida que tem vivido. Proponha uma conversa, uma viagem, faça um curso, leia um livro, escreva uma poesia, cante alto, realize qualquer coisa, mas realize! Encontre-se no âmago de si mesmo e descubra-se feliz... porque ser você tem que valer a pena!


:: Texto Adaptado de "10 atitudes e escolhas que toda mulher pode fazer na vida" Rosana Braga ::
Rosana Braga é Escritora, Jornalista e Consultora em Relacionamentos Palestrante
e Autora dos livros "Alma Gêmea - Segredos de um Encontro"
e "Amor - sem regras para viver", entre outros.
www.rosanabraga.com.br e Comunidade no Orkut
Email: rosanabraga@rosanabraga.com.br

quarta-feira, 18 de abril de 2007

Uma lição de William Shakespeare

Um rico resolve presentear um pobre por seu aniversário e ironicamente manda preparar uma bandeja cheia de lixo e sujeiras. Na presença de todos, manda entregar o presente, que é recebido com alegria pelo aniversariante, que gentilmente agradece e pede que lhe aguarde um instante, pois gostaria de poder retribuir a gentileza. Joga fora o lixo, lava e desinfeta a bandeja, enche-a de flores, e devolve-a com um cartão, onde está a frase: "A gente dá o que tem de melhor."

Não perca sua serenidade.
A raiva faz mal à saúde, o rancor estraga o fígado,a mágoa envenena o coração.
Domine suas reações emotivas.
Seja dono de si mesmo.
Não jogue lenha no fogo de seu aborrecimento.
Esqueça e passe adiante, para não perder sua serenidade.
Não perca sua calma.
Pense, antes de falar, e não ceda à sua impulsividade.


"Guardar ressentimentos é como tomar veneno e esperar que outra pessoa morra."

domingo, 15 de abril de 2007

Pense branco

Sente-se confortavelmente ou deite-se [e peça pra alguém ler!]

Memorize uma cor..
Qualquer cor..
Pense na cor..
Pense num líquido com esta cor..

Beba este líquido devagar
Veja-se inundando dessa cor..
Sinta-se inundando dessa cor..

Inspire.. Expire...
Relaxe

Sente-se melhor?
Até o próximo post!
=**

terça-feira, 10 de abril de 2007

O que mais você quer mudar em mim?

Capital Inicial - Incondicionalmente (trecho)

"Eu já estive aqui e ouço a sua voz
Me dizendo que há um oceano entre nós
Que tipo de poder te satisfaz?
Por que você quer que sejamos tão iguais?

Te incomoda que eu fale assim?
O que mais você quer mudar em mim?
Você me quer
Incondicionalmente?
Ou me quer mais
Um pouco diferente?"


Essa parte da música resume o que eu quero dizer..
Eu não vou mudar.
Se você não entende, vou te explicar:
Existem maneiras diferentes de VER e SENTIR a vida.
E são esses variados modos que garantem que todos os problemas podem ser resolvidos [morte não é problema, é a solução].
E ainda, garantem modos diferentes de se aprender as coisas.

Eu não vou mudar.
Eu não preciso mudar.
Preciso apenas ajeitar os parafusos.
Hoje alguém falou para mim:
"Aline, você triste não é você!"
Essa frase ficou na minha cabeça o resto do dia.
Ainda bem que coisas boas aconteceram. E meu humor melhorou^^

Afinal, "Se você está no fundo do poço, fique feliz, ainda não começaram a jogar terra em você!!!!!"
Haahhahahaha!!!

[Quando eu lembrar a idéia certa, eu digo como confundir Murphy e se sair bem na vida!].
Atéééé!!^^
=**

segunda-feira, 9 de abril de 2007

Lua

Eu amo a Lua..
Eu amo a Lua..Quando eu era menor ainda, eu ficava olhando a Lua, admirando sua beleza. Tão bela, tão altiva, tão solitária.

Se eu tivesse que escolher algum astro de toda a nossa galáxia, seria ela, a Lua.

Eu amo a Lua..
Sempre vou amar..
Tão linda, tão bela!

**Ao som de Lua - Maskavo

Fim do post de hoje!
Até!
=**





domingo, 8 de abril de 2007

Vídeos Engraçados no You Tube [ao meu ver]

Seguem os links[comentados] de alguns vídeos no You Tube:

Free Hugs em Curitiba - [Na Rua XV!]
http://www.youtube.com/watch?v=Ynb1qPE6JPc

He Man sings 4 Non Blondes - [Muito gay]
http://www.youtube.com/watch?v=X8Nc8RCLy1s

Moskau - [Tem uma dancinha muito legal!]
http://www.youtube.com/watch?v=1NGu5XPt1mU

Yatta! - [Os japoneses dançarinos]
http://www.youtube.com/watch?v=u9rWFZesV8s

Heroes - Zeroes - [Para quem viu aquela série que já é mania (E que só vai ter o episódio 19 no final de abril ¬¬)]
http://www.youtube.com/watch?v=IWJJBwKhvp4

***Minha música da minha pseudo-banda - [Muito bom!]
http://www.youtube.com/watch?v=fevJsLz0PkU

Então.. Aí estão os links que eu sugiro.. Gosto de coisas divertidas.. Para rir mesmo^^

Acho todos esses vídeos divertidos!
Então.. Boa diversão!!!
See ya!!
=**

sábado, 7 de abril de 2007

Tédio = Domingo!

Tédio:

By Wikipédia: "O tédio é um sentimento humano, um estado de falta de estímulo, ou do presenciamento de uma repetitiva ação ou estado - por exemplo, falta de coisas interessantes para fazer, de ouvir etc. As pessoas afetadas por tédio em caráter temporário consideram este estado muitas vezes como perdido, perda de tempo, mas geralmente, não mais do que isto. Alternativamente, alguns acham que ter tempo de sobra também causa tédio. Para as pessoas entediadas, o tempo parece passar mais lentamente do que quando elas não estão entretidas. "


Domingo:

By Aline: "Dia de ficar "doRmingo".. Morgando.. Assistindo Faustão [Entenda por: morrendo no sofá de tédio].. Domingo é triste! Ainda mais porque no dia seguinte é segunda-feira, o dia mais deprimente da semana!!¬¬"

Ou seja:

Tédio = Domingo
E sem mais discussões!
Hoje parece domingo¬¬
See ya!
=**

sexta-feira, 6 de abril de 2007

Free Hugs - Abrace esta campanha!

Acho que este post é auto-explicativo.

Pra quem nunca viu essa campanha.. É só procurar no You Tube..
Tem de várias regiões do país, inclusive de Curitiba..

http://www.youtube.com/watch?v=Ynb1qPE6JPc
Juan Mann é o nome de quem começou toda essa corrente de abraços grátis pelo mundo.
Abrace você também esta campanha!!

Abraços a todos!
See ya!
=**


quinta-feira, 5 de abril de 2007

Tudo bem?

Saudações caro[a] leitor[a]!

Vamos pensar hoje sobre a pergunta q não quer calar.. Logo emendada ao cumprimento mais falado por falantes da língua portuguesa[visto q.. em línguas diferentes.. Os cumprimentos são diferentes].

Msn, rua, colégio, faculdade,..
X: Ooooooooooooooooooiii amiga! Quanto tempo!!! Q saudades!
Y: Ooooooi X! Muito tempo mesmo! Tudo bem??
X: Tudo ótimo e vc? [não tá não porra, meu namo terminou comigo, eu to de final em 4 matérias e tou sem grana]
Y: Tudo bem! [Até q tá sim, eu não tou fazendo nada substancialmente importante.. a vida anda lerda mas pelo menos ainda anda]

As pessoas escodem seus reais sentimentos. Até porque se fôssemos começar a falar dos problemas... Problema é o que não falta!

Uma vez uma pessoa me disse: "Aline, você se preocupa demais com as coisas que perde.."
De início, essa frase me ofendeu, eu fiquei de cara. Maaaaaas, comecei a pensar:
1°Perder não é algo muito fácil
2°Aprender perdendo é normal
3°Aprender sofrendo é o melhor aprendizado, porque é como se você deixasse aquela marca impressa em você.

Logo, isso não é tão foda. Eu preciso senti que perdi. As coisas são perdidas. Eu deveria ter feito diferente... ou não deveria ter feito? Coisas da vida!

E eu digo: "Às vezes precisamos ficar mal, pra ficar bem."
Finalizo novamente
[Se continuar nesse ritmo vai faltar idéias pra pôr aqui.. Ao longo do tempo]
See ya! ;)
=**

Chuva e Frio

Já pararam pra pensar que a maioria dos grandes pensadores e pessoas que produziram muita coisa.. Geralmente se encontram em regiões mais frias?

Será q o ócio é criativamente significante a ponto de "criar" pensadores?

Bem.. No frio, na chuva, ou seja quando estamos abrigados longe de outras pessoas.. E praticamente impossibilitadas de se mobilizar.. Começamos a pensar..
E daí já viiiiiu ?!!!
É só começar a pensar... Que saem muitas coisas loucas!
Ou não!

Mas isso eh substancialmente significativo para um próximo post..
Entãooo!
Até mais!!^^
See Ya =D
=**

Vida..Amor.. Shakespeare!

A vida é uma coisa estranha..
A gente vive vive vive... E no final morre..
A única certeza da vida é que no primeiro suspiro dela há a certeza da morte.

Eu acredito que eu não tenho medo de morrer.. Visto que.. Faz parte da vida
Tudo bem que eu queria fazer algumas coisas antes de morrer como escrever um livro [apesar de eu ter basicamente muuuuitas anotações e coisas do gênero]

As pessoas tem medo do fim porque tem medo do desconhecido.. basicamente..
Com certeza a morte é uma passagem para uma outra realidade.. Qual realidade é esta? Não sei e aí que está a graça...

Já dizia Shakespeare:
"
Ser ou não ser, eis a questão.
O que é mais nobre? Sofrer na alma
As flechas da fortuna ultrajante
Ou pegar em armas contra um mar de dores contestá-las e destruí-las?
Morrer, dormir
Nada mais; e por via do sono pôr ponto final
Aos males do coração e aos mil acidentes naturais
De que a carne é herdeira, num desenlace
Devotadamente desejado. Morrer! Dormir.. dormir?
Dormir e talvez sonhar.. Ah! Aí é está! Que sonhos poderão vir no sono da morte?
Uma vez fora da confusão da vida?
É isso que nos obriga a refletir: é esse respeito
Que nos faz suportar por tanto tempo uma vida de amarguras.
Pois quem suportaria as chicotadas e o escárnio do tempo
As injustiças do opressor, as afrontas dos orgulhosos,
A tortura do amor desprezado, as demoras da lei,
A insolência do oficial e os pontapés
Que o paciente mérito recebe do incompetente
Quando o próprio poderia gozar da quietude
Dada pela ponta de um punhal? Quem tais fardos suportaria
Preferindo gemer e suar sob o peso de uma vida fatigante
A não pelo medo de algo depois da morte
Esse país desconhecido de cujos campos
Nenhum viajante retornou, e que nos baralha a vontade
E nos faz suportar os males que temos
Em vez de voar para o que não conhecemos?
Assim a consciência nos faz a todos covardes
E assim as cores nascentes da resolução
Empalidecem perante o frouxo clarão do pensamento
E os planos de grande alcance e actualidade
Por via desta perspectiva mudam de sentido
E saem do reino da ação."

Eu concordo em partes com Shakespeare.. Shakespeare sofria de depressão mais ou menos essa época.. Eu sei porque eu fiz dois pu**[entenda por: mega] trabalhos sobre ele..
Eu sempre gostei de Shakespeare.. Principalmente Hamlet. Sonhos de Um Noite de Verão.
Eu não tenho medo de morrer simplesmente porque eu sei que um dia ou outro eu vou morrer.. A gente espera que seja quando a gente tiver bem velhinho e realizado..
Mas a realidade não é esta.
A única coisa que eu torço pra que aconteça certo. É q eu morra quando eu tiver que morrer. Nem menos, nem mais.
Se minha contribuição pro mundo de alguém for substancialmente importante.
Eu já terei realizado algo.
E fim!
Chega!! =P

Até o próximo post insano..
Afinal.. Cada humano tem suas loucuras.. Uns menos e outros mais.
Perfeitamente normal!
See yaaaa!!
=**

quarta-feira, 4 de abril de 2007

Epistemologia

Fiquei com vontade de escrever..
Então cá estou!

Epistemologia: s.f.
Estudo do conhecimento científico. A palavra designa pesquisas de natureza diversa, tentando, no entanto, todas responder à questão "O que é a ciência?", colocando particularmente a questão das relações entre a ciência e as formas não científicas do saber.

Eu acho essa palavra tão substancialmente legal!^^

Tá! Eu piro! Eu sei! Mas fale em voz alta essa palavra.. Epistemológica... Repita 3 vezes no mínimooooo! Se sentiu bem melhor não?!

Aline e suas terapias relativas [também relaxantes]

See ya!
=**

Blog é coisa de quem não tem o fazer?

De repente me veio este lindo pensamento..
Será que blog é coisa de quem não tem o q fazer???

=> Hipótese 1: Blog é coisa de quem não tem o que fazer:
Visto que.. Se o ócio é criativo e pessoas que fazem blogs ou são criativas ou são maníaco-populares [eu acho]. Está provado que blog é coisa de quem não tem o que fazer.

=> Hipótese 2: Blog é coisa de quem tem o que fazer e não faz:
Afinal o ócio criativo também atua em pessoas assim. Logo, quem tem o que fazer e não faz é "bloggueiro".

=> Hipótese 3: Blog é coisa de quem quer ser popular:
Apesar que isto se encaixaria melhor para um flog.

=> Hipótese 4: Blog é coisa de quem tem idéias independentemente de ter ou não o que fazer.
Idéia mais aceita por mim. Visto q para ter idéias não é preciso ter ou não o que fazer. É só deixar fluir ;) [Ae virou tese já]


Pra você ver! Isto é o resultado de estudar demais!
Principalmente Álgebra Linear com a Marli

d" Aléééééééém do R³!!!!
Pode ser.. Q eu encontre a enésima dimensão!!!!
Aléééééééém do ... [chega! ¬¬] d"

Até!
BjuS³

terça-feira, 3 de abril de 2007

E eu fiz um blog..


Sim! Eu fiz um blog!
Não.. Este não é meu primeiro blog..
Já desisti uma vez.. Na verdade.. Acho q duas vezes..

Detalheeeeeeeeeees!!!

Esta imagem é do pôr-do-sol, visto da rua da minha casa..

Eu amei essa foto.. Me deu aquele negócio..

Um sentimento.. tenho q tirar essa foto..

Ficou perfeita!!!

Bem.. Espero q bons ventos levem o meu blog..

Blogs são legais.. Necessitam de muito empenho..

Mas eu acho q consigo!!

Até... See Ya!
=**