_______________________________________E se esvai no momento seguinte...

quarta-feira, 30 de abril de 2008

Filosofias em vão

Eu tinha tantas coisas pra falar, filosofar e pensar à respeito.
Mas, nenhuma delas é "certa" para este momento.
Eu preciso estudar, e preciso demais me divertir.
Enquanto me vejo neste impasse, cada vez mais se aproximam as provas.
É, e assim chegam as notas que ninguém gosta de ter.

Mas eu vou estudar! Não juro. Se eu jurar é capaz de eu não cumprir.
Calma! Isto só acontece quando eu juro pra mim mesma ;)

quinta-feira, 24 de abril de 2008

Vem aqui e cuida de mim

Vem aqui e cuida de mim agora.
Ou pode ser mais tarde.
Ou pode ser outra hora.
Pode ser quando você quiser,
antes de eu desistir de você.
Pode ser quando você quiser,
se eu ainda querer.

quarta-feira, 23 de abril de 2008

Faz tempo

Faz tempo....
Que quero atualizar meu blog e meu flog, mas não tenho tempo.
Nem tenho tempo pra mim. Nem tenho tempo para pensar nos assuntos que me incomodam.

Estudar?
Oooooooooooooooo!
Sair?
De vez em quase nunca.
Comer sushi?
Só hoje com irmão pagando o buffet ;)
Postar fotos?
Onde? Ahn?
Beijar alguém?
O quê é isso?
Gostar de alguém mais que amigo?
Pra que?
Ficar pirando em quem nem olha pra você?
Pra que?
Assistir filme de terror com alguém que você considera pra caralho?
Opa!!!!!! Tô nessa! O melhor é rir demais. Pois somos duas crianças que não brincaram o bastante em espelhos paralelos =P


Não entendeu? Pede, que eu explico ;)

=*

sexta-feira, 18 de abril de 2008

Once upon a time...

Uma vez, uma amiga minha [leia: Pati] me falou que "Amor só é amor quando é correspondido. Pois quando não correspondido é obcessão". Só hoje eu entendo essas palavras.

E sinto que quanto mais eu tento amar as pessoas, na verdade é porque eu quero ser amada tanto, que dói.


"Era uma vez uma menina que amava os outros de uma maneira intensa, e que pirava tanto antes de acontecer qualquer coisa, que todos a achavam louca, inclusive ela mesma. Ela ficava esperando as coisas acontecerem, e sempre tinha um diário, que ela sempre escondia os segredos mais profundos, até do diário. Ela sonhava, e quando sonhava, tudo o que queria se realizava, mas quando ela voltava para a realidade, não tinha quase nada do que sonhara ter, então ela experimentou a decepção, a desilusão.
Essa menina cresceu, virou mulher, e ainda faz essas mesmas coisas..."

Essa sou eu. Como eu sempre fui. Alguns ajustes apenas.


Outro assunto:

É preciso deixar ir certas coisas... Pessoas... Relacionamentos... Lares... Enfim!
Eu geralmente me agarro e não deixo ir.
Acho que está na hora de realmente deixar ir, num total processo de libertação.
Eu estou precisando de liberdade. Coisas do meu jeito.
Estou precisando de um sentimento de amor com relação a vida.
Estou cansada e calejada já. Não ando com muitas esperanças que o futuro será melhor, em todos os aspectos. Não ando com uma auto-estima alta e preciso aprender a desapegar. Go, go!

Olhe a carta que eu tirei no Tarot de Osho:

DEIXANDO IR

Comece olhando para a carta em si. Ela mostra uma folha de lótus recebendo pacificamente uma gota d’água que escorre mansamente por ela e pinga silenciosamente nas grandes águas retornando à terra. No comentário do livro o autor diz que aquela gota individual de água perde sua identidade quando se junta à vastidão da água que está embaixo. Querendo com isso falar do nosso ego e do quanto é importante a renúncia da luta para que a inocência vença.

Transcrevendo literalmente o que esta carta significa o autor diz:

"Tirar esta carta em uma leitura é o reconhecimento de que alguma coisa acabou, de que algo está se completando. Seja o que for - um emprego, um relacionamento, um lar que você amou, qualquer coisa que possa tê-lo ajudado a definir quem você é - é hora de deixar para trás, permitindo qualquer tristeza que surja, mas sem tentar se agarrar ao que se completou. Alguma coisa maior está esperando por você: há novas dimensões a serem descobertas. Você ultrapassou o ponto a partir do qual não há volta, e a gravidade está cumprindo a sua função. Não resista: isso significa libertação".

=*

quinta-feira, 17 de abril de 2008

O mundo gira; e a menina feliz, roda

Roda

Período de 21 de junho a 21 de julho corresponde ao signo de Câncer.
"Por representar o ir e vir e estar relacionada à Lua, pela sua forma arredondada, as pessoas regidas por esse signo têm urna forte ligação com as mulheres e gestantes em geral. A emoção é a palavra que traduz a sua essência. A Roda move a vida na alegria e na tristeza. A pessoa costuma ser dócil e tranqüila, mas, quando se irrita, pode ser muito agressiva. É um pouco insegura e tem uma certa tendência à nostalgia. Ama com intensidade e sente muito ciúme."

Pois é! Em partes, muito parecida comigo:
>Emotiva
>Insegura
>Tendência à nostalgia
>Amo com intensidade
>Sente muito ciúme? Ah! Nem tanto vai!

No final, representa o ir e vir, a inconstância da água [exemplo: marés], pois passa e volta, volta e passa.

Agora passou a tristeza. Ainda bem que eu tenho amigos MARAVILHOSOS!!!!!!

=*

quarta-feira, 16 de abril de 2008

Feche a porta e me deixe aqui...

Me deixa do jeito que estou. Preciso "digerir" tudo o que eu ouvi sair de sua boca.
Como uma faca que me feriu lá dentro.

Eu me descabelo e penso em coisas que nem deveria pensar, essas coisas são abmináveis pelos elfos...
Sinto como se o mundo fosse cair em cima de mim.
No final eu tinha que fazer o que minha consciência dizia para fazer... Esquecer, deixar quieto, não pensar naquilo...
Mas eu tinha que pensar! Tinha que sonhar desesperadamente com isso!
Tinha que querer tanto que dói. E dói mais ainda agora.

Aff.. Maldito coração... Não serve para nada de bom, além pra eu me fuder!
É sempre assim. Sempre eu que sofro.
Na próxima vida escolho ser outra pessoa.
Não acredito que mais uma vez, eu caí na mesma armadilha que eu sempre faço para mim.

Queria desaparecer! Num simples passo de mágica.
Me dê a minha não-vida terrena de volta. Não aguento mais!
Malditos problemas. Malditas coisas que acontecem. Maldita vida!
Posso me jogar na cama e nunca mais levantar?

Ah! Cansei disso.. é sempre a mesma coisa! Quando vai parar de acontecer?


Senta aí comigo. Vamos pedir uma pizza.
=*

sexta-feira, 11 de abril de 2008

Só sei que foi assim...

É... Uma hora volta a vontade de escrever tendendo ao infinito...

Por isso que eu digo: "O mundo gira, ele dá voltas, e nunca pára de girar, pois tudo que vai um dia volta".

Sabe aquela sensação de impotência, de você querer tanto algo ou alguém que aquilo te consome, e você parece que vai parar de respirar, mas você respira.

Por que é assim que eu estou me sentindo...

Como se eu tivesse apenas olhando a situação passar, mas porque eu quero que ela passe, pois eu sei, que quando for a hora, vai chegar a minha vez.

Então eu espero, nessa sensação angustiante e agoniante. Pois no futuro vai ser melhor, eu acredito.

Então aquilo que eu quero, algo pequeno, como uma coincidência, me deixa feliz de uma maneira que me deixa triste, é estranho. Sim, eu acho que eu estou gostando de alguém, de verdade.

E só me resta ser eu mesma e esperar. Sonhar, sonhar e sonhar. Quanto mais eu sonhar, mais eu vou querer, mais eu vou gostar. Mas sonhar é tão prático.

Bom mesmo se fosse verdade, eu até me atiraria atrás do sonho, mas às vezes correr atrás é andar à passos lentos numa subida. Você sabe que vai chegar, sabe que vai demorar, e, sabe que se você quiser chegar ao topo e simplesmente correr, não vai poder apreciar a caminhada, pois o importante nem sempre é totalmente a chegada, mas sim o caminho.

É... Tudo menos objetivo. Sim, eu gosto da subjetividade, gosto de falar nas entrelinhas, gosto de falar com olhares e gestos.

Objetividade demais no amor é coito pago pra ser feito.
Subjetividade demais no amor também é ruim.

Por isso que eu vou levando a vida desta maneira.
Cansei dos olhares de fome, cansei das coisas superficiais, cansei de esperar demais.
Não espero mais nada. Mas não deixo de sonhar.

Sonhar... Sonhar... Tá aí! Vai ver é por isso que estou com sono.
Eu acho que eu durmo demais, divago demais, penso demais.
Acho que eu aproveito pouco da vida. Sim, de verdade.
Sou um "jovem-velho", como algum leitor diria.
Provavelmente sim. Estranho isso. o.O

Diferente. Estranha. Humor peculiar.
Sou capaz de rir de mim mesma.
Sou capaz de me punir.

Sim, amigos! Acontece!

Só sei que foi assim... Eu olhei pra ele, ele olhou pra mim e eu pensei: "Nossa, eu quero!" Desde o primeiro momento, e, o tempo só serviu pra confirmar.

Tempo...
O "click-clack" do relógio, [sim... onomatopéias diferentes da comum.. dá licença!], que gira, gira, gira, e a menina feliz roda. [Lembrando de poesias mode on]

O relógio é a coisa mais previsível do mundo, levando em conta que ele está com pilha, ele vai passar e passar, sempre pelos mesmos minutos, segundos, horas... que teimam em se repetir de novo, e de novo, e de novo... E no entanto, acaba a pilha, e ele pára. E continua de onde parou, a gente que tem que colocar ele no caminho certo, do ponto em que ele serve para todos: a hora certa.

Parece apenas uma divagação sem nexo o que eu escrevi aqui. Mas talvez sirva pra provocar aquele "click" na cabeça de alguém, o momentâneo e esporádico, do tipo: "Ah! Agora eu entendi!" E não tem como provocar isso, simplesmente ACONTECE.

Simples XD

=**

[Postagem MEGA-GGGG-SUPER-GIGANTE (comparado aos posts anteriores)...
É isso aí.. Lá e de volta outra vez!]

Cataploft!

Ontem quando eu levantei, fui fazer não lembro o que no meu quarto e um vidro de perfume [Felicità do Boticário, parece que saiu de linha já =/] Cataploft! Cai no chão do meu quarto e quebra =/

Eu tenho renite, alergia à perfumes e um monte de coisas...
E aquilo ficou fedendo [tá fedendo até agora!]
Só era o perfume que eu mais gostava [tenho um gosto "fresco" pra perfumes por causa da renite]
Só era o vidro de perfume que mais combina comigo.
Só...
Só..

Nhahhhh

Descrição:

Felicitá 50ml

Linha Momentos: fragrâncias que expressam diferentes momentos e emoções. Para mulheres abertas às novidades e que se permitem experimentar fragrâncias inovadoras.
Felicitá é um estado de espírito. É estar de bem com a vida.


Fragrância

Saída: Frutas Vermelhas, Hera, Pessêgo, Resedá
Corpo: Ameixa , Jasmin, Rosa, Ylang
Fundo: Patchouli, Favatonka Caramelo, Baunilha

Aceito um novo de presente =D

=**

segunda-feira, 7 de abril de 2008

(Casei)² !!!!!!!

Casei no Popomundo com a Amanda[Pati] . E também na vida real com a ela! [Mode amiga: ON]

Poxa! Muito divertido!!!

Amo você guria!!!!!

Beijoooos