_______________________________________E se esvai no momento seguinte...

quinta-feira, 30 de setembro de 2010

Voando ^^

Estou tão feliz! Parece ter sido um sonho ontem! Eu estava tão nervosa que eu saí correndo com medo de perder o ônibus, a chance... E fiquei tremendo de ansiedade e nervosismo!

Nem acredito que depois de tanto tempo, tanto sofrimento, tanto choro, tanto desejo contido tenha dado certo pelo menos uma vez! Faz muito tempo que eu esperava por esta oportunidade! Eu estou MUITO feliz!
Mas confesso que estou com medo... Medo de acontecer alguma coisa, medo de eu fazer cagada, medo de não ser correspondida, medo de tudo desabar...

E, o meu coração dispara e eu fico com cara de retardada mental quando eu ouço a voz dele! Ele me ligou! *-*
-morri-

Quando eu fico fazendo graça, ele me abraça. Ele ri das minhas piadas idiotas.

Eu estou sonhando?!

=*

segunda-feira, 20 de setembro de 2010

Pandora, sonho e de volta outra vez...

Adotamos aqui em casa mais uma cadelinha fofa! ♥
É a Pandora[ou: Panda, Pan, Cabritinha, Panzinha, Pandorinha] e eu que achei ela!


E no sonho de hoje:
Sonhei que era de noite, e tinha festa aqui em casa!
Então eu fui andar pelo bairro, e eu corria pulava e VOAVA! =~~~
Muito bom! Eu me senti mega relaxada!
E também eu tinha que entregar uma folha de papel pra Fabii

É... bem louco! Mas foi muito bom voar! Teve uma hora que eu estava beeeeem veloz em uma descida, então eu dei duas cambalhotas no ar e caí, leve, no chão [nem doeu!]. Então eu subi uma ladeira íngreme pra caralho, enquanto isso dois cachorros [amigáveis] me seguiam.

*Ah, pra quem segue issaqui tem meu perfil novo no orkutis

See ya! =***

quarta-feira, 15 de setembro de 2010

Inauguração

Olá a todos! Muito boa noite [ou insira o cumprimento adequado aqui]!

Eu sou a Aline e venho apresentar meu mais novo blog:

"Overdose de Nada"

Sabe quando você está no ócio e tem uma "overdose"? É sobre isso que o título sugere.

Aqui tem um apanhado de todos os outros blogs que eu fiz:
*Inspirações InsPirativas que virou #alinelfa
*Ecos de uma vida [que você encontra as postagens através do devido marcador]
*Expirações Expiratórias[nem lembro se o nome é esse mesmo].

Enfim, é uma nova fase [já cheguei no Big Boss malvadão?] e eu comentarei mais sobre ao longo das outras postagens.
Em breve mais atualizações da história "Ecos de Uma Vida"

domingo, 12 de setembro de 2010

E morre um nick

Então...

Vou destruir mais uma coisa [outra?!], depois do orkut, do formspring, do blog recém criado que eu nem cheguei a exibir, da mudança de nick no Twitter, e mudança de msn... Venho por meio deste lhes informar que este blog morrerá logo.

É mais por causa do nick em si, não que eu já não tenha criado outro [por enquanto tá na "moita"]... Eu não aguento mais este nick: alinelfa.

Eu criei este nick com 14 anos de idade, e já passou o prazo de validade dele.

Por isso estou excluindo este blog, o msn e tantas outras coisas... Quanto estiver tudo devidamente no seu lugar eu excluo os e-mails com "alinelfa".

Anyway, é isso aí pessoal! (Y)

See ya! =*

quinta-feira, 9 de setembro de 2010

Ah.. O amor! E as escolhas da vida...

E o assunto de hoje é o amor...

Estou meio decepcionada com o "amor" que tanta gente diz que tem, que tanta gente declara aos quatro ventos e que tantos almejam.
Amar é aceitar o outro com suas virtudes e erros, com suas vaidades e manias, com o seu jeito único de dizer cada coisa nas mínimas ações.

Não, eu não acho que as pessoas mudem só porque alguém fica dizendo pra ela mudar. Sim, eu acredito em mudanças, mas elas tem que vir de dentro, bem de dentro, e exigem tempo e paciência para serem devidamente curadas.

Eu não sou perfeita. Passei muito tempo da minha vida tentando ser perfeita aos olhos de quem eu amo: meus pais. E passei quase a minha vida inteira tentando ser perfeita para outras pessoas qu eu gosto muito: meus amigos.

Eu sempre fui de poucos amigos, e quase nunca deixava alguém entrar na minha vida de verdade. Tinha pavor de que alguém soubesse o que se passava na minha cabeça. Sempre tive diários, e mesmo assim nunca consegui dizer objetivamente o que eu queria dizer. Sempre inventava códigos para ninguém além de mim conseguir ler, e eu sinto muito por isso, pois algumas coisas nem eu consigo ler mais.

Eu sempre me nego o "viver a vida" e fico inventando desculpas para continuar assim. No fim, todos os problemas se tratam de "zona de conforto". Por isso vou aos mesmos lugares, falo sempre com as mesmas pessoas.

Eu não quero julgar as outras pessoas por nada, às vezes acabo julgando, mas acontece, eu sou imperfeita. Eu acredito que a única pessoa que pode decidir a vida da pessoa em questão, é somente a pessoa em questão. No fim, a escolha é sua...

Se você escolheu se isolar dos seus amigos, sofra as consequências, foda-se se você tem um motivo, você sempre vai arrumar um motivo.
Se você escolheu agir mais energicamente, enfrente as consequências.
Se você escolheu a omissão e a ignorância, desculpa, mas é problema seu.

Amar, é aceitar o outro como ele é. Mas também é ajudá-lo a evoluir.
Tudo tem limites, minha mãe me ensinou isso.

Se eu cutuquei é porque eu queria ver até onde você poderia chegar.

Eu não pertenço a ninguém. Eu posso arruinar a minha vida, se eu assim quiser.

Posso olhar prum dia chuvoso e decidir tomar chuva gelada.

O amor não está exclusivamente nas pessoas. Muitas pessoas nem sabe o que é amar. Sabem o que é o "amor".

Eu posso estar errada, eu posso estar sendo egoísta, eu posso ser a pior pessoa do mundo neste momento. Mas eu só tenho uma coisa a te dizer:

Eu não sou perfeita.

Não vou forçar ninguém a me aceitar como eu sou. A escolha é sua.

Quer que eu liste meus defeitos?!

=*