_______________________________________E se esvai no momento seguinte...

sexta-feira, 29 de agosto de 2008

Halo ao redor do Sol




Quem viu?

"Um halo é um anel de luz que rodeia um objecto.

Os halos se formam a 5-10 quilómetros (3-6 milhas), na troposfera superior. A forma e a orientação particulares dos cristais são responsáveis para o tipo de halo observado. A luz é reflectida e refractada pelos cristais de gelo e pode dividir em cores por causa da dispersão, semelhante ao arco-íris."

By Wikipédia.

[Clique na imagem para abri-la maior!]


=*

quarta-feira, 27 de agosto de 2008

Você... Eu.

Te procurei em todos os lugares em todos os momentos.
Cansei de esperar, fui atrás.

Corri o mundo esperando encontrar aquele por quem eu morreria e à quem eu entregaria minha vida inteira, todos os momentos.

Eu quis te mudar, e assim me mudei.
Eu quis te consertar, e assim me consertei.
Eu quis te encontrar, e me encontrei.
Eu quis te esquecer, e só lembrei de você.

Pois você move minha vida, pois pra mim você é quem importa.
Pois você sempre está comigo. Você sempre me ouve. Você sempre me fala as coisas na hora certa. Você silencia quando é preciso. Você chora comigo. Você ri comigo. Você se importa comigo, até quando parece não se importar.

Você é aquela pessoa que me move. Meu ar. Minha vida.

Aline Vidoto de Oliveira. Eu te amo.

=P

=*

segunda-feira, 25 de agosto de 2008

Fome!!!

Por que a gordura pede tudo o que há de gordo!
Ainda não comi e tou com preguiça de ir comer! [Vai entender... ¬¬"]


To estressada, com dor nas costas e na cabeça, mau-humorada e anti-social.
Enfim, por isso to me isolando [pra ninguém sair ferido].

Meu pc agora [esses dias] cismou de funcionar a internet só no Linux [tem Windows tb], não sei porque!!!!!
To com vontade de jogar, acho que vou instalar SNES. Ou Diablo 2.

Antes de ontem fiquei tirando fotos, e fiquei com preguiça de abrir o windows pra passar as fotos... Ou seja, por isso que eu não atualizei o flog.

Mudei um pouco a estratégia do meu Tribal Wars, e no Popmundo tou upando "Música Africana" pra entrar em turnê com a Pati. E meu outro char, continua no Jazz.

Ontem me bateu um negócio ruim [eu to naqueles dias ruins] e eu fiquei meio assim...

Mas hoje, tou só com dor mesmo.

Até o próximo post! =*

quinta-feira, 14 de agosto de 2008

Jogos e sentimentos...

**Não! Não é mais um post meloso e confuso! [Não que eu não tenha assunto sobre isso]**

Eu fiquei reparando ontem como um jogo pode mecher tanto com a cabeça das pessoas...
Nhah! Atacaram minha aldeia no Tribal Wars, e, não é a primeira vez que isto acontece. Então, fiz o que qualquer outra pessoa faria: fiquei planejando uma vingança maligna, e, mandei fazer mais soldados nas aldeias...

E tipo, eu fiquei super-hiper-mega-ultra irritada com isso. Até que parei pra pensar:
"Se eu fico alterada por causa de uma """"bobagem"""" dessa será que eu não sei me controlar e sou imatura sentimentalmente falando?"
Bom, pra mim não é bobagem, é jogo, é competição, é algo IMPORTANTE!!

Isso não me faz alguém madura sentimentalmente, e também não é desculpa. Maaas...

Bem, to aqui na faculdade, gazeei uma aula pra ficar conversando, não resisti e vim ver se ninguém mais me atacou! [malditos...]

Ainda bem que não me atacaram. Senão já viu: mau-humor, irritação, Aline meio "fora do ar" por causa de um jogo pra pessoas [de 14 anos] que não tem mais o que fazer! [Não que eu não tenha nada pra fazer, mas eu não faço]

Nhah! To carente, mas não vou entrar em detalhes! Nhah!!!

Eu sou viciada em jogos... Ainda mais quando eu tenho que lutar pra continuar nele [e o jogo é legal] .

Bom, sem vícios como drogas e coisas por um lado. Mas, "interneticamente" falando total viciada e dependente, por falar nisso, será que alguém interagiu comigo no Buddy Poke! ?

=**

terça-feira, 12 de agosto de 2008

E...

Hoje eu estava toda feliz, cheia de energia e com milhões de vontades, até que...
Eu vi uma pessoa [importante pra mim] numa situação que eu não desejaria para ninguém e tals...

Então eu me senti mal. Por ser tão egoísta, por pensar só em mim.. e blá blá blá...
E fiquei assim, bateu uma depre, e perdi toda essa energia.

Eu que estava tão animada!
Eu não entendo! Não entendo o porque disso! Mas eu sei que a "culpa" é minha.

Eu deveria nem prestar atenção nisso mais! Mas...
Eu não desejo mal à ninguém. E ainda mais alguém que eu desejo perto de mim, noooossa.. Poxa. É tenso.

Dia estranho. Muito estranho.

Mas foi bom! Apesar de tudo!

=*

segunda-feira, 4 de agosto de 2008

Sabe quando...

Você beija alguém pensando em outra pessoa?

Você olha alguém que foi muito importante na sua vida e sente uma PUTA saudades?

Você sente uma puta vontade de chorar, sem saber ao certo porque?

Você parece somente ver o filme da vida passar na sua frente?

Você acha que não tem mais saída, e no outro dia acontece algo que você simplesmente muda?

Você segue uma pessoa, só para saber onde vai, porque sente saudades?

Você está tão carente que você pira?

Você, antes de dormir, pára e escreve uma carta para uma pessoa, e que você sabe que nunca vai entregar?

Você pára pra pensar e vê que sua vida não é nada empolgante?

Você pensa em procurar quem você jurou pra si mesma que não iria fazer isso?

Você quer fazer uma loucura?

Você quer gritar bem alto?

Você quer sair correndo?

Você quer fugir?

Você quer ficar sozinho?

Você se arrepende pelas coisas que NÃO fez?

Você se faz trilhões de perguntas, só pra dizer, estou com saudade, saudade de ser feliz. Não sei direito porque estou triste.

Se cuide.

=*

domingo, 3 de agosto de 2008

E então você vicia...

Em uma música.

E a música que estou viciada é:

> Ayreon - Beneath The Waves

Trecho:
"Beneath the waves we were unbeatable
In the silence of the sea;
In a world without frontiers
World without walls
Beneath the waves we were untouchable
In the kingdom of the free;
In a world without walls

Beneath the waves we were invincible
In the silence of the sea;
In a world without frontiers
World without walls
Beneath the waves we were inseparable
In the kingdom of the free;
In a world without walls"

Não sei descrever o que estou sentindo. Acho que estou com medo. Ansiedade.
Tudo porque eu não estou seguindo o que eu realmente queria fazer: procurar uma pessoa.
Eu estou me controlando. Acho que é melhor assim, a gente distante.

=*

sexta-feira, 1 de agosto de 2008

Saudade

Eu queria que o tempo parasse e eu pudesse fazer as coisas acontecerem diferente.
Um novo dia, uma nova esperança, um começo ou quem sabe um recomeço.
Eu queria que eu pudesse fazer tudo.
Eu sempre quis mais do que eu posso.

Queria poder te olhar, te sentir: sem mágoas, sem ressentimentos.
Queria poder olhar pra trás e dizer que valeu a pena.
Queria poder esquecer o quanto eu sinto sua falta.
Queria poder ter o poder de te excluir da minha vida.
Queria poder esquecer você e os bons momentos, pois eu sei que eles não voltam mais.

Queria você de volta, como amigo. Mas eu sei que na primeira oportunidade eu iria querer fazer tudo o que eu não fiz com você...
Queria não sentir mais nada, quando você olha pra mim, daquele jeito.
Queria ficar amarrada e não poder correr mais atrás de você.
Queria ouvir de você que a gente não tem mais nada a ver, pessoalmente.
Queria parar de escrever sobre você e pra você.
Queria esquecer as músicas, as cartas.. Todas que fiz pra você. E que mesmo excluindo do pc, continuam na minha memória.
Queria pegar a memória de coisas relacionadas à você e fazer um arquivo ".rar"
Queria sentir saudosidade quando penso em você, mas eu sinto saudade.
Muita saudade.

Não amarei mais ninguém, como eu te amei. Com ninguém mais será como foi contigo. Eu sinto uma saudade absurda. E faço loucuras pra tentar me controlar e não fazer besteira.

Eu sei que acabou. Eu sei que nunca mais será como foi. Mas eu ainda tenho esperança. Pq? Pq? Eu não quero isso, e tenho.

E se eu disser que eu sinto saudades de tudo, e principalmente de você. Você irá me expulsar da sua vida?

Eu quero tanto voltar a falar contigo. Tanto voltar a ser um pouquinho do que foi. Mas eu sei que não estou preparada pra isso, e talvez nem você.

Talvez um dia, talvez em algum outro lugar. Depois de um tempo, quem sabe a gente ainda não tem algo à resolver?

Sinto saudades. Saudade que dói e corrói meu peito toda vez que te vejo. Eu achava que não, que estava "curada". Mas existem feridas que mesmo fechadas ainda doem. Porque foi isso que sobrou: uma ferida, uma cicatriz. E assim, você marcou minha vida. E por causa dela que você não faz mais parte integrante do meu dia-a-dia.

Se há algum remédio pra ajudar a esquecer, eu quero. Essa dor que sempre volta, é uma tortura. Eu me afastei, fiquei longe, entrei em crise, quis desistir, por mim. Pois era tortura demais. Tristeza demais.

Então, pequenas coisas me deixam feliz, mas é só eu parar para pensar ou parar observar minha vida, que tudo isso volta, mais cedo ou mais tarde: eu vou estar morrendo de saudades de você.

Mas passa, sempre passa.

=*