_______________________________________E se esvai no momento seguinte...

terça-feira, 17 de maio de 2011

Separação [2]

Imitando acontecimentos recentes [ver post abaixo] hoje eu fiz uma coisa da qual não me alegro... E não sei se vou me arrepender...

Hoje terminei com meu namorado por fatos que nem eu sei explicar, medo de acontecer comigo o que aconteceu com a minha mãe, as reclamações que eu tinha aos poucos foram sendo atendidas e isto não é motivo pra eu querer terminar.

Motivo é eu querer lidar com meus problemas sozinha, focar no que eu preciso pra apoiar a minha família, focar na minha vida em si, me sentia e ainda me sinto muito dependente emocionalmente do meu agora ex.
Eu juro que achei que ia durar pra sempre, juro que achei que tudo seria diferente...

Mas eu confrontei com a parte mais sórdida do meu Eu, por causa de carência, de ciúmes, e uma pitada de saudades de me sentir linda, e eu não gostei do que vi, nunca gostei deste meu lado, nunca alimentei, sempre deixei ali pra morrer, e ver que essa parte do meu Eu não morreu, dói muito.

O fato é que eu sou insegura, só que eu disfarço a insegurança e a galera acha que eu sou segura.
O fato é que eu estou com auto-estima baixa pra caralho e não tem nada que me faça sentir melhor.
O fato é que eu estou triste com tudo o que está acontecendo, e quero me isolar do mundo que me machuca.
O fato é que mesmo com o tanto que eu pensei, eu não tenho certeza se fiz certo.
O fato é que eu estava com medo de te decepcionar mais ainda, eu não quero ser alguém repugnante.
O fato é que eu estou chorando horrores.
O fato é que não consigo mais escrever pois estou dopada de remédios pra gripe.
O fato é que eu procuro fatos, mas eu não sei realmente o que aconteceu.
O fato é que sei que você não virá atrás de mim, pq eu não valho a pena.

See ya! =*

segunda-feira, 16 de maio de 2011

Separação...

Sim, é mais um post do marcador "My blog, my life".

Só passei pra dizer que meus pais decidiram se separar definitivamente, e que eu estou muito abalada com isto.
Vou precisar de todo e qualquer apoio que eu conseguir...

TODO apoio que eu conseguir!

Só pra compartilhar

See ya! =*

domingo, 15 de maio de 2011

Pequenas poesias urbanas do dia 18/04

Poesia Um
Tchá tchaam. 
E repete Tchá tchaam. 
Continua Tchá tchaam. 
Mais um carro Tchá tchaam. 
Na poça Tchá tchaam. 
Depois da travessia Tchá tchaam
elevada. Ele chegou (o ônibus)!

Poesia Dois
Passam carros, passa ônibus, pára carro, carros param, sinaleiro fecha, outros andam, ônibus chegou, não é o meu! Caminhonete parada de repente anda, preto azul e branco. Cheiro de chuva. Casal. Pessoa lendo livro... E assim a vida passa...

Poesia Três
Quente, abafado. Pessoas. Música clássica. Alguém gritou algo, outro olhou. Conversas alheias de ônibus são as melhores de ouvir! Ah! O vento no rosto!

Poesia 08/05
Cansada do corre-corre diário...