_______________________________________E se esvai no momento seguinte...

segunda-feira, 17 de agosto de 2009

Festa de Aniversário Surpresa!!!! *.*

Êêêêêêêêêêêêê!!!!!!

Porque meus amigos são os melhores!!! *.*

Foi lindo! Eles me fizeram chorar de EMOção!!!!

Gabi, Pati, Rubia, Cinthia, China+Jana, Miro, Otávio, Buch, Flubber, Adhe, Klaus, e também o Rorai. E tantos mais que não participaram. Amo tooooooooooooooooooooodoooooooooos vocês!

Meu maior presente, é a presença de todos vocês, não só na minha festa, mas também na minha vida. Eu sou muito grata por poder conhecer vocês e amar vocês!!!

Obrigada por virem, obrigada por se importarem!

Vocês me fizeram muito feliz xD

Até o próximo post [ou festa de aniversário!]

=*


PS: Fotos tem. Nem sei onde =S
PS2: Chinaaa, coloquei um contador no final do blog, do lado esquerdo.

sexta-feira, 31 de julho de 2009

Neo?

E lá na facul, antes de suspenderem as aulas por causa da gripe suína...

Olha aí o China vestido de Neo =p

Minha irmã comprou um cel novo, e eu peguei o dela. Agora eu tenho Bluetooth! =D Eeeeeeeeeeeeeeeeeeee!! E mais memória! Tão lindo isso^^

Dae fiquei cortando música pra por no cel [ele aguenta mais q o outro aparelho q era meu, mas ainda assim aguenta pouco =x]

Aiai, quero arrumar um emprego e ganhar dinheiro, é foda ser pobre =x

E hoje eu danceiiiiiiiiiii no Step Mania *.* Que lindo! Nem travou, nem nada! Só eu que demorei pra reacustumar a dançar^^ E, eu não danço mais como antigamente [vida sedentária...]

ÊÊÊÊÊ! \o/

See ya!
=*

quarta-feira, 29 de julho de 2009

Ebaaaa!

Graças ao meu irmão, meu monitor voltou a funcionar susse! =D~

Até consegui assistir meu anime! Amanhã vou tentar jogar Step Mania! ;)

Nheiiiiiiiiiiiiiii!! Que lindo *.*

*Morre de felicidade x.x*

Aiai!!!!

Espero que continue assim =P



Bjos a todos! =*

sábado, 25 de julho de 2009

Aline's Friend 2009


Quiz Title:
"Aline's Friend 2009"

QUESTION 1 of 4:
Qual a minha cor favorita?
A) Rosa
B) Verde
C) Laranja

 
 

sexta-feira, 24 de julho de 2009

Recomeço

Fênix.
Este é o recomeço.

Incluí aqui todos os antigos blogs. E assim, a vida segue seu rumo.
Pra quem sentiu saudade e reclamou comigo, tá aí!^^

Eu repostei algum posts que eu tinha "excluído", os que estavam em "stand by" recolhidos como rascunho. Se tiverem curiosidade...

Organizei alguns marcadores e espero que facilitem mais a viagem pelo blog.

Aguardem o próximo post! ;)

See ya!
=*

quarta-feira, 8 de julho de 2009

Fim

Este é o fim.

Todo fim é um recomeço, seja lá qual for!

E esse é mais um recomeço. Ou melhor dizendo, renovação.

Pensa numa fênix. É essa a idéia, ou melhor, numa estradinha, em que a paisagem muda de uma forma brusca, e a estrada fica diferente. Continua sendo o mesmo caminho, mas é diferente. Entende?

Essa é uma nova fase. Eu sinto isso. E este blog ficará em stand by até a segunda ordem!^^

Obrigada a todos que comentaram. Obrigada a todos que participaram da minha vida neste período de tempo. Eu realmente fico feliz que vocês estiveram na minha vida. Eu escreveria cartas para todo mundo, talvez eu ainda escreva. Só deixa eu recuperar meu braço fodido de tanto escrever/estudar.

Se precisar você sabe onde me encontrar. [Procura no Google! =P]

Beijomeligasequiser! =*

segunda-feira, 22 de junho de 2009

Motivação

O que me motiva é o fato que eu preciso ser eu mesma. Eu preciso correr atrás de algo que me dê retorno imediato. De algo que seja real.

Eu fugi de tudo quando eu simplesmente continuei. Onde estão os anos que eu "perdi"? Não foram totalmente perdidos pelas pessoas que conheci. Os anos passam, as pessoas vem e vão, como num turbilhão de acontecimentos. E algumas outras atravessam a ponte.

Onde eu estava todo esse tempo, em que fiquei tão longe de mim? Me abandonei?
Tanto tempo se passou, e eu nem me toquei. Eu sinto pressa, de viver o ontem, e de viver o amanhã, tudo hoje. Por que a vida é agora, e não mais além.

"Agora" não existe mais. Esses conceitos tão volúveis e mutáveis! Como uma folha de papel que queima, como algo que gira...

Eu sou assim, eu quero o "impossível", eu não deixo as pessoas se aprofundarem no profundo da minha alma, só os escolhidos. Eu sou um ponto de interrogação.

Quem me conhece sabe quando eu estou indo embora. Quem me conhece entende a complexidade do meu ser.

Teh mais! Se cuidem!

=*

sábado, 13 de junho de 2009

Eu confesso

Eu sei que talvez eu não esteja agindo da maneira correta.
Tudo o que eu queria era um pouco mais de atenção, um pouco mais de disponibilidade.
Eu sei que muitas vezes eu me isolo, eu sei que muitas vezes eu fico distante. Mas essa é a minha maneira de tentar "me defender".

Tantas vezes eu quis dizer, e nada saiu. Talvez vezes precisei que alguém me escutasse. Tantas e tantas vezes eu sofri por gostar de quem não gostava de mim. Eu acho que as pessoas superam, tudo bem que isto não justifica, eu sei, eu errei. E eu me sinto tão... tão vil. Não consigo realizar nada do que eu quero. Estudar, eu não consigo direito. Me divertir? O que é isso.

Às vezes sinto que fazer faculdade não é para mim. Eu não consigo visualizar o retorno de tanto esforço, de tantas crises, de tanto empenho. Eu só queria que alguém olhasse para mim e dissesse: "Tudo vai dar certo!"

Eu não espero que alguém me entenda. Pois eu mesma às vezes não consigo me entender. Eu só queria confessar. Eu errei. Eu sei.

Eu queria que não tivesse acontecido. Mas eu queria que tivesse acontecido. Por que eu queria atenção, por que eu queria me sentir especial.
Minha auto-estima tá mais embaixo que pintor de rodapé. Eu me sinto mal, feia, inútil... INÚTIL!!!

Eu preciso me sentir útil, eu preciso ajudar, eu preciso me ajudar e ajudar os outros. Eu preciso ficar forte. EU QUERO SER FORTE!

Eu preciso de independência. Eu quero ser a "senhora do meu destino". Afinal, "quem não luta pelo que quer, não merece o que deseja".

E eu quero ser livre. Quero ter poder comprar as coisas que eu quero. Quero me sentir útil e linda. Quero aperfeiçoar minha pessoa. Quero ser alguém melhor. Quero ser alguém que não se força a fazer nada. Simplesmente faz e aquilo me complementa, me engrandece! Quero ser grande, e quero voar! *.*

Eu desejo a todos que tenham uma ótima semana. Que fiquem cercados de coisas boas! Que tudo dê certo. Pois tudo VAI dar certo! ;)

=*

sexta-feira, 5 de junho de 2009

E então...

Pra mim ficar do seu lado sempre foi o mais importante, o que eu mais queria, o que eu mais desejava.

Sinto saudades do seu apoio, sinto saudades da sua presença.

Eu provavelmente devo ter sido realmente muito volúvel ao longo desses anos. Egoísta, eu diria. Eu te quis só pra mim. Como se você não tivesse vontades, como se você não tivesse a sua vida. Eu sempre fiquei tentando entender onde eu errei. E eu vi muitas coisas em que eu errei.

Eu realmente queria estar contigo agora. Mas eu vejo que tudo isso me fez bem, apesar do mal. Eu cresci, e aprendi muitas coisas. Eu realmente precisava de uma resposta.

Eu não consigo te esquecer, não dá. E te ignorar é muito doloroso para mim. Eu não gosto disso. Não gosto de ignorar ninguém porque eu odeio ser ignorada. Você sabe que este é o meu pior pesadelo.

Me sinto presa a você pois você é meu pior pesadelo. E, mesmo assim, continua fazendo parte dos meus devaneios. Eu gostaria de te esquecer, mesmo. Mas não consigo.

Eu nunca consegui entender o jeito que você gostava de mim. E eu sempre achei que gostava mais de você do que o contrário.

Hoje, eu olho para trás, e vejo um sonho. Você foi meu sonho. Minha vida. Eu queria você perto mais do que tudo. Eu quis te agradar com presentes, com carinhos, com tudo o que eu conhecia. Mas não te conheci. Sinto que eu não cheguei a te conhecer. Eu nem sabia que você queria continuar com a empresa dos seus pais e tudo o mais. Eu nunca perguntei à você seus planos para o futuro, por medo de não estar incluída neles.

Eu deixei de te ligar quando você reclamou, para ver se VOCÊ era capaz de tomar a iniciativa e de me ligar. Mas é claro que eu não ia dizer isso para você. Tinha que ser 100% sua iniciativa.

Eu queria tanto que as coisas fossem diferentes. Que tudo tivesse sido mais belo, que eu conseguisse te compreender. Que você se abrisse mais comigo. Antes a gente falava tudo um para o outro. E depois quando ficamos, parece que esse link se quebrou. Quando, na verdade, deveria se multiplicar. Eu acho que não consegui atender às suas necessidades, e por isso que foi acabando. Até que chegou o ponto que eu mesma não conseguia me sentir feliz ao seu lado. Era rotina. Eu sinto muito que isso não tenha mais jeito. Se eu tivesse a solução antes, mas eu não tinha. Eu não era o que eu sou hoje.

Eu me condeno por gostar de você. Você já deixou bem claro que não me quer por perto. E no entanto, o que eu mais quero/ia é se aproximar de você de novo.
Eu preciso desse feedback, do seu toque, da sua atenção.

=*

quarta-feira, 3 de junho de 2009

Resolvendo problemas

Hoje foi o dia de resolver problemas!!!! E tudo começou com ontem.

Ontem eu estava mexendo no computador, de boa na lagoa, quando de repente, meu monitor desligou e não queria ligar de novo! =S

Reiniciei o computador, fiz uma putaria de coisas e consegui. Mas aí não entrava mais na internet. Deixei esse problema pra hoje.

Hoje, eu liguei o computador e não ligou o monitor, tentei várias coisas, até q troquei o cabo e funcionou. Então, não estava entrando na internet. Fiquei jogando paciência, freecell, campo minado entre outros pra me distrair. Até que eu liguei pro ap onde meu irmão mora e falei com o amigo dele. Liguei para a Brasil Telecom e perguntei as bagaças lá e não resolveu.

Troquei o filtro da linha telefônica. O usuário e senha, e algumas configurações. E conseguiiiiiiiiiiiiiiiiii!!!

Dae aproveitei que era o dia de resolver problemas e fui no Atendimento online da Brasil Telecom/Oi para pegar meu login/senha gratuito.
**Dica do dia: Se você utiliza BrTurbo, vá lá no Atendimento online e solicite o login/senha gratuito.**


Eu poderia até dizer como faz, mas eu acho que eles tem q liberar lá, até por que tem prazo de 3 dias úteis. Então eu sugiro que você corra atrás lá.

No mais, tudo bem. Quando eu estava meio morgando em casa porque não fui pra faculdade, eu comecei a fazer meu trabalho de Energia e Meio Ambiente! Tipo, é triste, mas é melhor começar jááááááá...

Bem é isso, eu sou foda =P

Boa noite!

Beijomeligaqueeuganhobônus!!!

=*

segunda-feira, 1 de junho de 2009

Vida Nerd

A vida de um nerd [dependendo de qual tipo de nerd estamos falando] pode ser um tanto quanto triste, assim como [come quem?] pode ser um tanto quanto feliz =D~

Quem pensa que um nerd só tem um compromisso na vida [estudar], comete o mais comum dos equívocos. Sendo que um nerd geralmente é freak por alguma coisa.

Por exemplo eu: Sou freak por internet, jogos, RPG, piadas contextualizadas e cantadas de pedreiro contextualizadas.

Mas isso não quer dizer que um nerd também não sofre!!! O que faço quando acaba a luz?
Simples!!! Eu brinco com as velas!!! Veja a foto ao lado!

E tem mais, eu posso ir dormir, ou sei lá aproveitar para falar sobre o tempo, ou sobre assuntos misteriosos.

Ou acariciar a minha cadelinha.

Ou tentar assustar as pessoas.


Ou sei lá. Mas o que importa é q sem luz eu não vivo =P

E pra que eu to falando isso?

Ahhhhhhhhhhhhhh!!! Só pra constar!!!!

Eu ia colocar mais figuras, e fazer um texto digno de prender a atenção do leitor [a]

Mas estou com preguiça [pra variar!]

Propaganda do Podcast de uns amigos, clique aqui

Beijomeligaqueeuganhocrédito! =*


PS: É verdade!

domingo, 31 de maio de 2009

Você

Eu não sei seu nome.
Eu não sei de onde é.
Eu não sei o que faz da vida.
Eu não sei como é sua personalidade.
Eu não sei tantas coisas.

Mas eu sei que você existe. E, assim, eu espero.
Pode ser que esteja do meu lado há tempos e eu não tenha percebido. Pode ser que eu tenha visto e conversado e não saiba. Pode ser até mesmo que eu não te conheça. Mas eu sei que você existe!

E a esperança ainda permanece em mim. E assim se passam os dias. E assim se passa mais um semestre. E assim eu decido o que eu farei.

Mais uma vez as notícias tendem a não ser boas para este final de semestre. Mas eu ainda tenho chance, se eu me agarrar com força a cada esperança, a cada esforço, mesmo que seja ínfimo. E assim, eu termino este post sem noção!

Tenham uma ótima semana!


=*

quarta-feira, 27 de maio de 2009

Pessoa

Eu queria entender esta pessoa que surge e ressurge. Que caminha e volta. Que eu não conheço, que eu conheço.

Me entender não é tarefa fácil. Eu tento e não consigo. Tento achar explicações pro que eu também não entendo.

Falar é fácil. Colocar uma hipótese, é fácil. Difícil é provar.

E mais uma vez eu me surpreendo comigo mesma.

Sinto saudades de uma caricatura de um tempo que não volta mais.

=*

sexta-feira, 15 de maio de 2009

Amor

"O amor é a sublime poesia dos sentidos, façamos dele a razão e o equilíbrio de ser de nossa vida"

terça-feira, 5 de maio de 2009

Somente isso...

Eu gosto quando eu te vejo sorrindo, me dá vontade de sorrir também, pois você está feliz.
Gosto quando ri, quando gargalha e quando me abraça. Gosto de você perto de mim.

No início eu achei que eu não ia conseguir resistir, me provei mais forte do que eu mesma imaginava. Tentei de todas as maneiras chamar atenção, utilizei as coisas parecidas, as coincidências! Até que passado um tempo, eu quis desistir. Eu nunca fui quem você um dia amou, e muito menos quem você ama.

Eu acredito que só se pode amar [amor entre duas pessoas maior que amizade] uma vez de cada. Que não dá pra amar duas pessoas ao mesmo tempo na mesma intensidade [salvo amizade, irmão, parentes, ...].

Por isso eu quero te pedir uma coisa. Amizade. Só isso. Nada a mais, nada a menos.

segunda-feira, 20 de abril de 2009

Tininha.

Tininha por Aline:

"Por tantos anos você esteve aqui em casa. E chega a hora que todos não querem: dizer adeus.

Você estava sofrendo, e eu fico feliz porque pelo menos você está num lugar melhor.


Você sempre foi leal, companheira e protetora. Todo mundo gostava de você.

Eu não queria que tudo isso chegasse a esse ponto. Eu te vi crescer, e você me viu crescer. Compartilhamos bons e ruins momentos de nossas vidas.

O certo é que no ínfimo suspiro de vida, há o risco de morte, mas isso tem que servir como estímulo para vivermos melhor e fazer valer a pena.

Tininha, eu te amo, e hoje mesmo falei isso pra você. Hoje, que não havia mais jeito. Hoje.

Mas vai passar, vai passar tudo isto que estou sentindo. Por que o egoísmo de te querer do meu lado para sempre, é substituído pela certeza que está melhor onde você está.

Descanse em paz."

segunda-feira, 13 de abril de 2009

"Emice"

Eu não entendo o que estou sentindo. E pra falar a verdade, acho isso uma absoluta besteira/perda de tempo. Mas eu não consigo, parece ser mais forte que eu.

É tristeza, é dor, é desânimo, e é culpa. No fim se resume tudo a culpa. Culpa por tudo isso estar acontecendo, culpa por não conseguir sair desse olho de furacão, que é a parte mais calma. Mas a mais tensa.

O que eu faço?

Eu queria conseguir arrancar meu coração. E dar de comer aos urubus. Eu não gosto de me ver assim, MESMO.

Pq tudo isso não pára?! Quê eu fiz de errado?
Pq dói tanto meu peito? Como se tivesse algo esmagado aqui dentro! Há! Grande coisa!

Eu não posso ficar aqui parada chorando, isto não vai resolver nada!

No fim tudo vai acabar bem? Mesmo? Promete?

=*

domingo, 5 de abril de 2009

Falar sobre alguém = vaca vuu _/

Estávamos eu, a Pati e um amigo nosso. Falando sobre a ex dele, quando de repente: vuuuu_/ ela aparece, do nada, praticamente um brotamento! Assim, piramos totalmente nessa coisa de "vaca vuuu_/" bandibêbadoaindasóbrios!.

Então, qualquer coisa virou sinônimo de "vaca vuuu_/", seguido de risadas/gargalhadas.

Até que a Pati estava contando uma história sobre o namo dela vuuu _/ aparecendo no Largo outro dia desses e eis que triiiiiiiiiiiiiiim [digo, vuuuuuu _/] toca o celular dela e é ele^^

E pra terminar, estávamos na casa dela no dia seguinte, falando sobre os piás que iam jogar RPG lá, e de repente vuuuuu _/ eis que aparecem!!!

Ou seja, cuidado ao falarem das pessoas [mesmo que estejam falando bem!], pq a vaca está por aí...

E ah, "vaca vuuu_/"

;)

=*

PS: A vaca não se sentiu ofendida por ter sido citada... [Sim, eu perguntei pra ela]

domingo, 8 de março de 2009

Investimentos...

Aiai, por que quando a gente volta pra um local que você era acostumado a ser de um jeito, parecem que as coisas tendem a ser como eram antes?

E o que era felicidade do retorno, se torna o fardo fatigante de sempre. E você investe, investe, investe e o retorno, cadê? Malditos feedbacks!


Ando brochada, pelos mesmos motivos que eu volto a reclamar sempre, só que agora parece ter mais alguma coisa, que eu não sei o quê é que me faz brochar mais ainda.

Sabe quando mesmo você estando linda por fora, há algo por dentro que não está bem? E você não consegue consertar. É desanimador.

Você não consegue se consertar, e nessa angústia toda, surgem novos problemas. Ninguém tem uma barreira protetora master que dá +20 em proteção contra problemas.

Eu não gosto de reclamar, mesmo! Mas eu queria botar pra fora, dae uso esse meu jeito de "falar não falando".

Eu queria sumir.

Boa noite.


=**

quarta-feira, 18 de fevereiro de 2009

A vida continua...

Mas é difícil não pensar em certas coisas que rodam o ínfimo suspiro de vida. Por que a vida é tão frágil. E às vezes a gente nem percebe o quão tolos estamos sendo. Brigamos por poucas coisas, enquanto devíamos nos abraçar e dizer "eu te amo".

É difícil não pensar que poderia ser pior. Que poderia ser alguém com quem eu convivo, alguém que eu estimo tanto. Por mais que não fosse minha avó de verdade. Era como se fosse. E só agora que eu me dei conta disso.

Eu fui avisada, eu sei. Mas eu não quis escutar. Eu sabia que eu não poderia fazer nada. Ela descansou.

Perdi mais uma avó. Uma avó que eu nem conhecia direito. Uma avó que cuidou das minhas primas [netas de sangue] com tanto amor e carinho. É natural que ela não acerte sempre, e que não entenda algumas coisas.

Uma mulher forte, e que enchia a casa com sua presença. Sempre sorrindo e produzindo coisas. Com seus crochês maravilhosos. Com sua simpatia.

E assim, eu fico pensando merda. Bom, no fim, eu tenho minha família. Isso é irrevogável.

Eu tenho muito medo de no fim acabar sozinha.

Eu tento parecer forte. Mas eu sou mais uma proprietária de tolices sem tamanho. Talvez eu engane bem. Sei lá. Ficar acordada e mals de renite não me fez nada bem. Embora eu insistisse em ficar lá. E dar uma força. Eu não vou privar ninguém de minha companhia nessas horas. Fico do lado até o fim.

Se você é meu amigo. Se eu gosto de você. Fica vivo[a]. Fica bem! Se cuida!

=*

sábado, 14 de fevereiro de 2009

Meu lindo!


Compreeeeeei ontem meu coturno!!!

Ele é lindo e altamente fodástico! Tipo, eu amei ele!
Pensa em uma criança feliz... Agora faça tender ao infinito!
Isso era eu ontem:
Experimenta com toooooodo o cuidado. Coloca o dedo pra ver se é de verdade. Limpa a marca do dedo [sim fica marca de dedos!]

*.*

Com MEU dinheiro! Fruto do MEU trabalho!

Own! My precious!! ;)

=**

quinta-feira, 12 de fevereiro de 2009

Caros leitores

Vocês existem?

Bom, existindo ou não, eu vou começar a falar! =P

Ahhhhh!! Eu tenho dedo podre! =S Mas tudo bem!
Saí comprar roupas novas e bonitas pra usar amanhã na festa gótica com o tema de horror!!! *.*
E amanhã é um dia super legal, pretendo comprar meu coturno!!! =D~~~~
E mais algumas coisinhas!!!^^

Eu quero ir no show do Kiss, mas na real, talvez eu gaste uma GRANDE parcela do meu salário, ah! É o meu primeiro salário! *.*

Deixa eu gastar!!! Uééé!!!!!

Hoje foi tipo, tão legal! Nem tanto por mim... Mas isso são outros 500!

Eu ando meio brochada com as coisas. Acontece! Mas tipo, ser convocada pruma entrevista que eu queria, foi tipo super hiper animador. Com relação à faculdade só!

Eu quero que amanhã chegue logo! [Se a arruma e vai dormir, só pra chegar mais rápido! haufhdsufhdasufd]

Aiai =~~~~

To feliz!

=*

terça-feira, 10 de fevereiro de 2009

Menos de 1 semana!

Pra acabar o trampo.

Acabei ficando mais uma semana, eu e mais uma galerinha. Não vejo a hora de receber meu salário e gastar! =D~~~

Quero ir na Bio Dementia dessa sexta, mas quero comprar roupa nova. Vou pedir um "valezinho" de MIL reais e ficar devendo serviço pro ano que vem =P
ahuahauahauahauhauahau

To de saco cheio de meus pais encherem a minha paciência por causa do RPG. =/ A Kathy morreu na sessão passada. Tadinha. Foi azar no dado. Primeira personagem minha que morre.

Preciso tirar fotos novas. Preciso de roupas novas. Preciso de atenção. Preciso de carinho.

O clima tá meio tenso aqui em casa =/ problemas...

E eu ando meio sem saber o que eu faço da minha vida...

To com vontade de ouvir duas músicas que estou baixando agoriiiinha! Faltam 4 minutos, ôôôô saco!!!!

Mas o dia de hoje foi bom! Embora eu estava com cólicas horríveis hoje de manhã, dor de cabeça e fome. Descobrir um conhecido da UFPR lá no trabalho foi tipo, uma alegria a mais. Bobeira cuspida e escarrada. Mas eu fiquei feliz. Achei que nunca mais ia ver o piá.

Acontece!!

Ah! Acho que vou ser "staff", por uma hora eu me responsabilizo por qualquer merda que acontecer, da Festa Medival do Poço Branco desse ano. Aliás, pra quem quiser, será em abril. Preço ainda não confirmado. Ingressos limitados. ;)

Aiai! =~~~
Até outro dia!

=*

segunda-feira, 9 de fevereiro de 2009

Segundo Parágrafo

Logo planejamos uma invasão ao castelo, uma mulher da Rakkma [caçam mind-flayers] se juntou à nós. Custou caro pra entrar pela "porta-dos-fundos", também conhecida como "passagem-secreta". Depois de alguma dificuldade para passar pelos guardas, mesmo invisíveis. Batalhamos, e matamos o rei mind flayer, mas a integrante da Rakkma morreu.

Quando estávamos voltando pro nosso QG temporário vimos que tinha uma movimentação estranha em frente aquela casa dos mind flayers. Conversamos com o grupo de Rakkma que a mulher pertencia e entramos na "casa estranha".

Fomos para a lendária inexistente cidade subterrânea. Descemos uma grande escada, passamos por uma passagem secreta em uma praça cheia de casas, mas sem pessoas. Seguimos o grupo da Rakkma e nos perdemos deles em uma bifurcação, então ouvimos uma canção anã, seguimos o caminho que parecia melhor.

Batalhamos contra os mind flayers que se aproximaram demais da gente. Procuramos o templo onde estaria a caixa. Encontramos um prisioneiro dos mind flayers, Ragnar, um humano criado por anões, libertamo-o. Achamos a caixa, mas a sala estava cheia de armadilhas. Caímos em muitas delas, e dificilmente conseguimos nos livrar, mas conseguimos sair.

Pegamos a caixa, colocamos na carroça, e partimos. Na viagem, o Ragnar e o Bubble me ensaboaram e de repente, quando acordei, "tirei" minha pele cinza claro, eu nem sabia que eu era uma humana. O mundo de repente ficou confuso demais pra mim. Os conflitos internos foram grande demais. Então eu fui enganada por todo este tempo? Por que? Pra quê? Por quem? Perguntas que talvez nunca serão respondidas. Certo mesmo é que esta situação fora muito constrangedora para mim, mas todos acreditaram quando lhes contei a verdade.

[vou precisar de ajuda dos queridos players pra me ajudar a terminar pelo menos até um pouco antes dela morrer, sei lá =P]

sábado, 31 de janeiro de 2009

*.*Cama elásticaaaaaaaa!!! x.x

Festinha depois do trampo e ficamos pulando numa cama elástica lá no colégio.

Foi muito bom, eu me senti criança de novo! *.*

Nossa, meche com tooooooooooooooooooooooooooodooooooooooo o abdômen! A gente também jogou vôlei, comemos. Muito bom! =D~

=*

domingo, 25 de janeiro de 2009

A vida é tensa...

Mas a gente supera!

Estou com a consciência tranquila de que não fiz nada FODA que eu possa me arrenpender muito depois. Em um momento você está tão sozinha que o mundo não parece um lugar legal, é apenas mais um lugar. E de repente, você se sente tão feliz, que vira uma espécie de "droga", e você vicia. Fazia tempo que você não se sentia tão viva, e, você chega a conclusão: estou apaixonada. E é aí que entra a parte ruim da história, você não pode fazer nada, não dá. Então você segura, resiste, é o mais forte que consegue, mesmo que você tenha que passar por cima do que você mais deseja. É pelo respeito, pela integridade, pela moral e honra, pelo que eu acredito que eu me mantive onde estou: no limite. E de onde eu me retiro, pra voltar a ficar susse.

No fim, eu sabia que eu era o lado mais frágil da história, e que se alguém iria ficar onde estava, era eu. Foi apenas uma piração de um tamanho gigante! Mas agora eu tenho forças pra cessar essa sucessiva crise de razão-EMOção [entre razões e emoções a saída é fazer, valer a pena...hfdushfdufhaudsf] . A razão venceu, mais uma vez, ela quase sempre vence. [K.O Razão WINS!]

Se nada for extraído de lição, dessa pira toda. Então não valeu a pena. Pelo menos eu sinto que eu conseguiii me sair melhor dessa vez, mesmo que o que eu tenha sentido, tenha sido muito mais forte do que a pira de 3 anos atrás. Foi uma prova de fogo/vulcão/boss. Foi tenso. Eu queria ter conseguido desistir antes. Fucking shit!

Por que eu tenho que complicar sempre? Por que eu não posso escolher de quem eu vou gostar? Por que eu tenho que me sentir culpada por uma coisa que já passou há tanto tempo? É por isso que eu estou assim, é a culpa, eu nunca me perdoei por ter desistido daquele jeito, eu nunca me perdoei por não ter te procurado direito, sempre me senti culpada por não ter dado certo contigo, sempre me senti culpada por você nunca ter falado que me amava. Dizem que o passado é a projeção do presente, mas até quando? Até quando eu tenho que ficar nesta auto-punição? Até quando eu vou ficar fugindo de você? Vire e mexe eu sempre volto neste ponto, por que? Porque eu te amava e me odiava, por ter feito o que fiz. Eu errei. E errei feio. Eu não queria terminar, eu queria um tempo, e eu não queria que ficasse essa folia de terminar e voltar. 7 meses é tempo pra caramba, ainda mais quando você vê a pessoa todo dia, ainda mais quando falta intimidade mesmo se vendo tanto, ainda mais quando você não sabe o que fazer.

Eu fugi de você, mesmo quando eu te procurava. Eu me acabei. Eu fiz coisas que eu não tinha feito. Eu quis que você voltasse, mas eu não queria ter que pedir. Eu quis sumir. Eu quis desaparecer. Eu quis que o mundo caísse. Quis perder a memória. Eu me isolei. Eu me expandi. Eu entrei em sucessivas crises. Eu não queria mais alguém que não fosse você perto de mim. Eu chorei, e como chorei. Eu fiquei triste. Eu fiquei mal. Só falava em você. Só queria você perto de mim. Era como se de repente eu tivesse acordado num pesadelo. Por que você sempre foi meu sonho, desde a vez que eu vi sua foto, desde a vez q vi pela primeira vez seu sorriso, desde quando se tornamos amigos. Eu pudia falar de todos os outros, mas de quem eu mais queria falar era de você, quem eu mais queria do meu lado, era você. Mas eu sabia, que eu não tinha chances, então, eu fiz minha chance. E estraguei tudo. A culpa que sinto sempre foi muito grande. Eu te amei tanto, eu terminei contigo te amando. E continuei te amando por um bom tempo. Quando a gente conversou, e eu pedi pra voltarmos a ser amigos, que eu ia chegar na parte mais tensa, que meus olhos se encheram de lágrimas [igual agora] e você me atacou pra se proteger, que eu entendi que você pode nunca ter falado nada. Mas você sempre me disse o que eu queria ouvir, só que eu não conseguia entender. Porque você é diferente DEMAIS de mim. ''O oposto que me completa." foi uma das frases que utilizei algumas vezes. É por isso que procuro alguém que eu consiga entender, alguém parecido comigo. Alguém que eu olhe e já saiba tudo o que está pensando. Alguém que eu entenda.

O passado realmente influencia demaaaais! Mas não pode ser descrito como o "destino definitivo do futuro". Eu ainda quero ser feliz, não é? Então porque eu me preocupo TANTO com os outros? Por que eu faço o que gostariam que fizessem por mim? Porque eu faço a minha parte.

Eu sinto que perdi muito mais do que poderia perder. Não quero entrar em crise de novo. Cada novo sonho é uma nova perda. Não devia ser assim. Por que eles podem ser felizes e eu não?
Não queria estar escrevendo isso. Mas é assim que eu me sinto. E tudo isso é culpa minha. Quem mais pode ser? O Bozo? Pqp, é a minha vida! E eu tento fazer feliz a dos outros. Devo ter sido um carrasco na minha vida passada =P hahahhahdsda

Eu quero apenas que tudo isso passe. De uma vez por todas. Que quando eu olhe, eu consiga enxergar um futuro que eu queira. Não essa gama finita de pensamentos baixos e condicionados. A vida não pode ser tão vil assim. Não é um conto de fadas, isso eu já sei. Mas não pode ser um mar de angústias e mágoas.

Mais uma vez eu quero fugir, e mais uma vez eu não posso fugir. Pelo menos não agora, pelo menos eu posso sumir depois que acabar. E não acabar com tudo pra fugir, que nem eu fiz até agora. Destruí com o que tinha, tudo pra não ficar perto de você. Tudo pra não olhar nos seus olhos e perder a linha de pensamento. Tudo pra não olhar o seu sorriso e ficar com vontade de gritar: "te amo!". Tudo pra não saber se você tava sofrendo. Tudo pra fugir, FUGIR! Chega de lutar o "saikeufujo", 2 anos lutando çaporra! Precisamos conversar, só pra ver se eu consigo te encarar de frente, só pra ver o que acontece. Não, não, não vou pedir pra você voltar pra mim. Se alguém tem que fazer isso é você. Eu já corri demais atrás.

Hoje eu falo mais sussegadamente sobre você. Eu acho que se isso não é superar, eu estou muito perto. O que eu fico triste, é que mais uma vez eu tenho que desistir. O que eu fico triste, é que eu levo as coisas à sério demais. O que eu fico magoada, é que eu consigo uma coisa pra perder outra. O que eu fico triste é que tudo isto reflete no meu espelho que eu sou cheia de falhas. O que eu fico triste é pelo que passou, porque eu devia é olhar com saudosidade pelo que passou, e não com tanta saudade. A verdade é que eu reclamo demais, sou muito emo hehehe. Eu poderia estar aí, de boa, com tantas opções, só que eu escolho ficar sozinha, e, depois, reclamo de estar sozinha. Por isso que eu disse que eu complico! Não concorda?

Nhah! Eu vou dormir! Boa noite [ou bom dia!]

*=
PS: Se você sobreviveu até o final deste post, clique em "x pirações comentadas" e comente!

Sonhooo

Eu tinha casado com um cara, tipo o Lex Luthor. Mas eu gostava de outro cara que tinha uma história complicada.
Então o meu marido, começou a pirar que eu tinha traído ele e ficou tipo insuportável. Com medo eu fugi, me casei/juntei com outro e tive um filho.
Assim, o "Lex" mandou matar ou eu ou meu filho, e daí, eu morria pelo meu filho =S
Mas se n me engano, ele matava meu filho depois. E eu queria salvar os dois.

O sonho ficou repetindo. E eu: "ah! isso é um sonho.. não quero que termine assim!"
Às vezes mudava uma coisa ou outra, acho que na última vez que eu "repeti": eu fugi prum lugar BEEEEEEEEEEEEEEEEEM longe e ele não me encontrou.

Na primeira vez do sonho, eu meio q passava pela cidade onde ele morava, e ele descobriu e mandou me matar. Foi bem teeeeenso. Eu odeio ficar fugindo em sonhos =S

=*

quinta-feira, 22 de janeiro de 2009

Renovação!

Dae! Gostou do novo modelo[feito e sugerido pelo Blogger!]?

Se não curtiu, problema seu! Vai ficar assim =P
hfudsafhdusafhdsufashfuahfua

Então! Só pra dizer que deu um pouco de trabalho, e eu não gostei muito do resultado. Mas vai ficar assim por enquanto. Essa era a surpresa que eu tinha falado anteriormente [Se alguém lembrar! Senão, é só olhar no blog e procurar, se você estiver com tempo!]

Andei lendo meus diários, que são por vezes chamados de agendas por mim, e ri bastante. PQP, como eu era tosca!^^
Mas também me bateu uma saudade de momentos que nunca mais se repetirão, não da mesma maneira! E então eu percebi, que tudo o que acontece agora, é pra eu ver que finalmente eu posso dizer que eu superei. E, estou escrevendo o final do último diário, que ainda tem folhas para serem preenchidas, com uma memória que já está bastante debilitada, pelo tempo que passou. Eu fugi demais disso, porque machucava demais lembrar. Hoje eu estou bem mais sussegada quanto à isso. E sinto que finalmente posso escrever essa parte tensa da minha vida.

Falando com a Elisa, irmã de um amigo meu, no msn, eiiis que surge o mais novo hino dos bêbados RPGístas:

"Isso é o q nos resta
Cair, beber e levantar!
Taverneiro, traz a cerveja
Logo antes que eu acabe
Bêbado outra vez
E quando eu cair, não me levante
Só espere eu acordar
Pra cair de novo"

Renovação! The wind of change! É disso que necessito! Então que venha!

=*

sábado, 10 de janeiro de 2009

Trabalho \o/

Enfim! Me juntei aos trabalhadores, que acordam cedo e movem este país de grandes belezas [como você, caro leitor(a)]

Estou há uma semana trabalhando e estou adorando. É legal! Eu me sinto útil! Fiz amigos! E ainda receberei pra isso! =D

Tipo, tuuuuuuuuuuuuuuuuuudo de bom! [98?]

Chato é acordar cedo, mas estar lá é bem melhor do que ficar em casa boiando e se estressando, lá gente ri, conta piada, carrega caixa, atende clientes ótimos com crianças e o contrário também, afinal, nem todo mundo é legal que nem estudante do Estadual! [rimou! hahaha]

Quem quiser saber mais 0800-99999999999999999999, mentira =P

Só perguntar!!!!!


Ah! Acho que eu tenho azar! Mas tudo bem! Se fosse fácil não teria graça! Embora, eu ainda fique feliz com o que eu tenho. Aleluia, eu feliz! =P

Depois de algumas milhões de milhares, bilhões de "emices" [ser emo], acho que finalmente eu encontrei algo que eu me realize, não é igual à facul, que eu só me ferro =/

Aliás, facul é um ponto importante a ser decidido. Nos calcanhares do começo do 4° [ui] ano, não sei ainda se é isso que eu quero, e se realmente vale a pena continuar. Não sei se tenho habilidade/ QI/ disponibilidade/ disciplina suficiente. Nhah!


Ah! Outra novidade! Hoje de madrugada fiz minhas primeiras poesias, com um ar renovado. Bem bonitas, sinceras e complicadas como sempre. Apesar de eu sempre achar que eu posso melhorá-las [depois de achá-las uma bosta!], coisa de poeta.

Voltei a ter vontade de cantar e de tocar teclado, na real eu sempre quis aprender piano.. hahaha.
Eu acho que canto mal e tenho vergonha de cantar sério: resquícios de uma timidez que se manifesta em coisas assim, e, às vezes aleatoriamente.

Estou com pouco tempo de escrever, e tenho ficado BEM menos tempo na frente do pc. Então isso explica o por quê de TUDO estar desatualizado! Preciso de fotos novas! Preciso de abraços! Preciso de telefonemas no meio da noite, no calor do meu quarto! Preciso sair pra beber! Preciso de festa medieval ou metal, sei lá. Preciso de você? ahfudshfuashfdsuafhuf Maybe!

Ahhhhh! To susse! Depois do temporal, vem o recomeço. Ninguém disse que era fácil. Difícil também não é, é só saber lidar. Acho que mesmo a história parecer que irá se repetir, ainda há esperança! Mas o importante é não desviar do caminho, se deixar levar pelo momento. Ahhhhhhh!!! E eu faço força! Como faço!!! Não faz sentido? Normal. Meu normal é ser anormal. =P

Tenha uma bom dia! Mais alguma coisa?

=*

sexta-feira, 9 de janeiro de 2009

Trabalho

É amigos/leitores/você que tá de passagem!

Eu faço parte [desde semana passada] de um trabalho temporário.

Trabalho vendendo lista de materiais prum colégio particular. É "moh" legal lá! Tem muitos "smurfs". E quando não tem muita coisa pra fazer, a gente se diverte. =P

hfdiusafdshufdhafudhfuahaufad

;)

=*

quinta-feira, 8 de janeiro de 2009

Vai entender!

Eu queria conseguir dizer tudo o que está guardado comigo. Mas eu não consigo, eu bloqueio, pois é tenso demais. Eu não quero que histórias se repitam.

Eu não consegui me sentir leve adicionando álcool, então, eu precisei ficar sozinha. Desabafar comigo mesmo, dar um tempo pra não pensar nas coisas que venho pensando demais, e que me tiram o sono.

Dormi, um sono regado à música boa e local agradável com mosquitos canibais [detalhes!]. Me recuperei.

=*