_______________________________________E se esvai no momento seguinte...

segunda-feira, 17 de maio de 2010

Procurando o coelho entre as àrvores e arbustos

Eu te procuro
eu não te procuro
eu queria não te procurar mais
eu queria não estar aqui o tanto que você quer que eu não te procure
eu te procuraria se você desaparecesse?!
eu tento procurar outras pessoas
[Baseado na música Wo Bist Du do Rammstein]


Eu não quero me apaixonar de novo.
Eu não quero ficar sozinha.
Eu não quero perder o controle.
Eu não quero machucar ninguém.
Eu não quero que a minha carência me sufoque.

Eu preciso de amigos.
Eu preciso de tardes inesquecíveis embaixo do céu azul com nuvens.
Eu preciso de sorrisos e abraços.
Eu preciso te ver feliz.
Eu preciso fugir de você.
Eu preciso de noites estreladas e frias, com vinho e boa companhia.
Eu preciso de acordar com a certeza que a vida é bela.
Eu preciso relaxar.
Eu preciso de atenção [aliás MUITA atenção, é o que dizem...].
Eu preciso conversar até achar que é o suficiente.
Eu preciso que me digam o quanto eu sou importante [ou não].

Eu sinto saudades! E a saudades é tanta... Que sinto saudades do que eu não conheci, não experimentei, ainda não vivi... É estranho =p

Eu não vou me apaixonar de novo. [Esse é o plano]
Eu vou fugir até poder combater de frente.
Eu doarei meu coração pra quem estiver sofrendo por minha causa... [salvo exceções]
Eu darei espinhos pra quem me dar rejeição.
Eu darei silêncio pra quem se empolgar.
Eu darei risadas pra quem me contar uma piada boa[ou não].
Eu darei abraços, muitos abraços. Se pá eu fundo uma "empresa dos abraços"!
Eu rirei das borboletas. Tirarei foto do céu. Flutuarei na noite até o infinito.
Eu procuro o coelho entre as àrvores e arbustos...

Quem sabe eu não encontro o meu mundo das maravilhas?



See ya!!!

=*

Um comentário:

  1. Aliiineeee


    Deixa eu te falar uma coisa: Nós não podemos fugir de nada.

    E você que está aí, procurando o coelho, assim como a Alice, principalmente, não pode fugir. Tenho certeza de que ela não fugiria!

    As coisas podem ser tão mais leves quando a gente se entrega.

    O tempo vai apagando aos poucos o que já não nos serve mais. É só uma questão de tempo, é só viver. É simples, né? A gente que complica.

    Beijo,
    Nara

    ResponderExcluir