_______________________________________E se esvai no momento seguinte...

domingo, 14 de setembro de 2008

Sim...

Eu sei que quase sempre eu fujo de situações "embaraçosas". Eu não gosto muito de ter pessoas que me digam o que fazer, embora eu sempre busque de alguma forma isso. Só que às vezes eu me rebelo, como se eu estivesse "presa" no meu próprio jeito de ser.
Muitas vezes não é nada pessoal contra a pessoa que me disse algo, é contra mim mesma. Porque eu não consigo trabalhar muito bem com isso.
No final, eu sempre, ou quase sempre vou fazer aquilo que me foi sugerido, por que eu sei que a pessoa que me disse isso, quer o melhor pra mim. Embora conceitos sobre "bem" e "mal", "ruim" e "bom" sejam altamente fontes de discussões!
Eu não quero perder a amizade e nem o respeito de ninguém. Eu tento fazer com que as pessoas me aceitem e gostem de mim, de uma forma tal que me faça sentir bem.
Eu sei que isso não é a coisa mais "sensata" nem a "ideal". Mas eu assumo, eu já sou carente por natureza, e eu estou MUITO carente. Transparece isso, eu sei que sim.

Peço desculpas se alguém se sentiu mal por alguma coisa que eu tenha feito/falado/querido fazer eu só tentei evitar uma catástrofe na minha vida.
Sim, eu não quero perder a amizade de ninguém.
Espero que me entendam, ou que simplesmente me aceitem.

=*

Nenhum comentário:

Postar um comentário