_______________________________________E se esvai no momento seguinte...

sexta-feira, 18 de junho de 2010

Cap. 8 - Mentiras...

"Não me pergunte do meu passado!" eu pensei. Relutante em me afogar em mentiras, mas não encontrando outra saída plausível, eu contei à ele:
"Eu perdi a memória... A única coisa que lembro é que meu nome é Mirella, por causa desta pulseira!". Que coisa! Aquela pulseira fora pagamento de um amante, e tinha o nome da esposa dele, mas eu gostava tanto dela!

"Mirella! Lindo nome!" Ele disse, e eu não sei o porquê mas este elogio me fez corar... Ele sorriu e parecia que queria me abraçar... "Você vai descer onde?" eu perguntei à ele. "Uma estação antes da Espanha, e você?" ele respondeu. "A primeira da Espanha!" eu disse. "Ei, você poderia descer comigo não é?! Te apresento meus amigos e alguns familiares! Qualquer coisa eu te reponho o dinheiro pra outra estação! Que tal?" ele perguntou.

Eu divago sobre as possibilidades... Enfim, era uma estação de diferença, eu poderia pegar outro trem... Matteo é sempre tão atencioso e caloroso que eu me sinto atraída por ele. Ele sempre ao meu lado, cuidando de mim, eu acho isso o máximo. "O mundo é feito de interesses, e eu me interessei por ele, pelo jeito que ele me trata" eu pensei. Eu queria acreditar que ele mesmo se ele descobrisse tudo, ele iria me aceitar, ele me daria amor, uma família e filhos! Eu poderia até ver meus pais de novo! Ah! Meus pais! Aprendi a viver sem eles na marra!

"Eu aceito descer na mesma estação que você Matteo!" eu disse empolgada. Ele sorriu tão calorosamente que eu me senti derreter. Aiai ♥
"Vou te apresentar pra todo mundo! Será muito legal!..." ele falou tanto que eu estava até tonta. Eu só sorria e concordava na hora certa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário