_______________________________________E se esvai no momento seguinte...

terça-feira, 7 de fevereiro de 2017

Viagens [2135425]

Era mais um dia normal...

Lá estava eu visitando mais um templo esquecido de alguma civilização perdida, descobrindo portas secretas (que não eram mais tão secretas assim), olhando para as pessoas vindo e voltando, prestando atenção na praça de alimentação que fizeram nos fundos do templo. Quando, de repente o vi, um portal em que senti uma presença divina, feito de toras de madeira, com algum escrito que eu não sabia o que era, ele emoldurava aquelas montanhas verdes, daquele verde vivo que só vemos em filmes psicodélicos... Ali tinha a vida, como eram altas e verdes as montanhas, com picos pouco angulosos e vertentes suaves.

Eu sabia que teria que atravessar por aquele portal em determinado momento, mas ainda não era a hora. Quis brincar no vale, pulando no rio que estava além do que meus olhos enxergavam, quis subir no pico da montanha mais alta para estar em paz comigo mesmo, ouvindo o som do vento e do silêncio.

Voltei para a entrada do templo e vi estradas de pedra que percorriam outros locais ali perto, em que se poderia ficar um tempo a sós com todos os seres vivos...

Assim, eu acordei com uma sensação boa e levemente triste, queria estar do outro lado do portal, mesmo que por alguns segundos...

Nenhum comentário:

Postar um comentário